‘7 Prisioneiros’ é filme de língua não-inglesa mais visto da Netflix globalmente

Redação - O Estado de S.Paulo

Longa protagonizado por Rodrigo Santoro e Christian Malheiros retrata tráfico humano no Brasil

Rodrigo Santoro e Christian Malheiros em novo longa da Netflix dirigido por Alexandre Moratto

Rodrigo Santoro e Christian Malheiros em novo longa da Netflix dirigido por Alexandre Moratto Foto: Alien Arruda/ Netflix

A nova produção brasileira da Netflix, 7 Prisioneiros, é o segundo filme em língua não-inglesa mais visto do catálogo do serviço globalmente. O longa estreou no dia 11 de novembro.

A informação da repercussão internacional foi divulgada pela própria Netflix, nesta terça-feira, 16. Segundo o Top 10 Netflix o filme aparece entre os mais assistidos da plataforma em 17 países.

7 Prisioneiros teve mais de 9 milhões de horas exibidas entre assinantes da Netflix, ficando apenas atrás de Yara, outro título original da companhia que teve mais de 17 milhões de horas exibidas. 

Esse ranking contabilizou as horas de programação da plataforma do dia 8 de novembro ao dia 14 deste mês. Protagonizado por Rodrigo Santoro e Christian Malheiros, o filme aborda as complexidades do tráfico humano no Brasil.

Na trama, o jovem Mateus (Malheiros) sai do interior em busca de uma oportunidade de trabalho em um ferro-velho de São Paulo comandado por Luca (Santoro). Chegando lá, acaba se tornando vítima de um sistema de trabalho análogo à escravidão.