Xampus orgânicos ganham força na indústria da beleza

Renata Brosina - O Estado de S.Paulo

Cada vez mais, empresas preocupam-se em desenvolver e produzir produtos ecologicamente corretos e menos agressivos para os cabelos. Veja as marcas que investem no segmento e os benefícios desse tipo de cosmético

Alinhada à onda do detox e à busca do consumidor por uma vida mais saudável, a indústria de cosméticos tem investido em opções eco-friendly para substituir substâncias químicas agressivas à saúde presentes em xampus e condicionadores tradicionais. Depois de boa parte das marcas tirar o sal de suas fórmulas, outros elementos que estão em xeque são os silicones, os ftalatos e os parabenos. A britânica Lush, a grega Korres e a norte-americana Shea Moisture, por exemplo, baseiam suas produções em ingredientes naturais e orgânicos, feitos com matéria-prima de origem controlada - isso porque dados como o tipo de solo e o período da colheita podem interferir na ativação dos nutrientes. 

Divulgação
Ver Galeria 6

6 imagens

No Brasil, a cabeleireira Cris Dios é a responsável pela primeira linha nacional produzida com elementos orgânicos certificados pelo Ecocert. Compostos por alecrim, camomila, chá verde, erva mate, gengibre e óleos essenciais, os produtos prometem limpeza profunda e hidratação. "Os cosméticos orgânicos não são mais fracos, muito pelo contrário", afirma Crios. "O xampu sem espuma é a revolução na lavagem do fios. Ele tem excelente eficácia. A diferença é que, pela falta de conservantes químicos, a validade é mais curta." Por causa da excelência da matéria-prima, os orgânicos ainda são mais caros, mas especialistas garantem que valem o investimento.