Veja mitos e verdades sobre alongamentos de cílios

Redação - O Estado de S.Paulo

Australiana relatou no Facebook caso de uma mulher que perdeu todos os fios da pálpebra após procedimento

O alongamento de cílios fio a fio é um procedimento em que uma fibra mais longa é colada no fio natural da pálpebra

O alongamento de cílios fio a fio é um procedimento em que uma fibra mais longa é colada no fio natural da pálpebra Foto: Felipe Rau

A australiana Emma Dhanjal ganhou bastante atenção no Facebook após publicar um relato sobre uma cliente que foi ao seu salão, o Emmaculate Beauty, após ter perdido seus cílios naturais em um procedimento de alongamento feito em outro estabelecimento. "Isso nunca deveria acontecer, não fiquem com medo de fazer extensões, pesquisem antes. Se feito da maneira correta, o alongamento pode ser retocado por anos e anos sem pausa", escreveu Dhanjal. Casos como esses geram muitos questionamentos sobre a técnica, mas o Moda Estadão conversou com a engenheira química do Lash Master e CEO da Lashes Co, Michelle Cabral, para esclarecer o que é mito, o que é verdade e as principais dúvidas sobre esse assunto. Confira. 

Extensões de cílios causam queda dos cílios originais.

Depende. A preservação dos cílios no procedimento é condicionada à qualidade dos produtos utilizados, e da qualificação do profissional que realiza o procedimento. Por isso, é importante pesquisar e procurar por referências de ambos antes de optar pelo local onde fará o tratamento estético. 

Qualquer pessoa pode fazer extensões de cílios.

Falso. As extensões de cílios dependem da existência de fios originais, sobre os quais aplicamos os fios do procedimento. Quando chega alguma pessoa com muitas falhas nos cílios, recomendo um tratamento para recuperação dos cílios originais primeiro e, só depois, avalio a possibilidade de fazermos as extensões.

Antes de se fazer o procedimento, também é preciso garantir que a cliente não tem nenhuma infecção na região dos olhos, pois os produtos podem agravar o quadro infeccioso. Sempre faço uma higienização rigorosa na região dos olhos antes de realizar o procedimento. Caso encontre qualquer indício de infecção, por menor que seja, é necessário esperar que a doença seja curada, para depois avaliar e realizar o procedimento. 

Quais são os critérios usados para decidir quem pode ou não fazer o alongamento de cílios?

Principalmente, a saúde dos olhos e a quantidade de fios originais. Há também restrições para mulheres grávidas, que ficam com o organismo muito mais sensível, e para pessoas altamente alérgicas. No caso das alérgicas, temos produtos específicos próprios, um pouco mais caros por serem especiais para estes casos, mas conseguimos sim fazer as extensões com segurança mesmo nestes casos. 

Quanto tempo, em média, dura um procedimento de extensão de cílios?

A durabilidade depende do procedimento e produtos utilizados. Com a técnica e produtos utilizados pela Lashes Co, as extensões duram até 40 dias, pois os nossos fios naturais passam por um processo de renovação natural. Mas o tempo de duração também sofre influência dos cuidados para higienização dos olhos, uso de maquiagem e outros hábitos do dia a dia. Essa é a durabilidade para uma pessoa que higieniza segundo as recomendações e preserva bem a região dos olhos, sem friccionar a região, por exemplo. 

Na foto, um olhar que passou pelo tratamento estético com Michelle Cabral, da Lash Master

Na foto, um olhar que passou pelo tratamento estético com Michelle Cabral, da Lash Master Foto: Felipe Rau

As extensões de cílios ficam com efeito de cílios postiços, e devem ser usadas apenas antes de eventos.

Falso. Os melhores profissionais da atualidade privilegiam o efeito da naturalidade. O objetivo do procedimento estético bem feito deve ser de ressaltar os traços da beleza da mulher e harmonizar a face, muitas vezes, evitando ou postergando uma cirurgia estética para levantamento da pálpebra, separação de olhos muito juntos ou ampliação de olhos muito pequenos. O objetivo não é que os cílios chamem a atenção para si, mas para a beleza de cada mulher individualmente, assim, os procedimentos modernos bem feitos resultam num efeito extremamente natural, como se os cílios já fossem da pessoa.

Quem faz extensões de cílios não pode molhar o rosto.

Falso. A higienização do rosto, inclusive dos olhos, deve ser feita normalmente. Inclusive, a falta de higienização da região dos olhos compromete a durabilidade das extensões, uma vez que o acúmulo de oleosidade da pele nas pálpebras contribui para a retirada do adesivo usado no procedimento. Recomendamos que a região dos olhos seja realizada com uma espuma da mistura de metade água, metade xampu infantil neutro. 

Os fios usados nas extensões de cílios são naturais.

Depende. A definição de algo natural é de algo que é encontrado na natureza. Existem pouquíssimos profissionais que trabalham com fios naturais, até porque os naturais utilizados no mercado são pelos de um animal. Isso dificulta o alcance do efeito desejado no procedimento, pois é inviável criar um padrão de comprimento, peso e espessura dos fios. Fora a questão ambiental envolvida na exploração da pele animal. Atualmente, os melhores profissionais utilizam fios de seda, que são fios produzidos industrialmente através da seda. São fios industrializados feitos a partir de um material natural. A Lashes Co conta com uma linha de produtos para quem trabalha com o procedimento, inclusive com fios de seda de marca própria.

Veja o preço dos dez cosméticos mais desejados por quem ama beleza: