Sexy sem ser vulgar: a transformação de estilo de Valesca Popozuda

Mariana Belley - O Estado de S.Paulo

A stylist Carola Chede fala sobre os desafios de mudar a imagem de uma das mais famosas funkeiras cariocas

Foto: Divulgação

Valesca Popozuda está diferente. No visual dela, tops extremamente justos, decotes exagerados e shorts diminutos (usados todos ao mesmo tempo) cederam espaço para peças mais elegantes, mas não menos sensuais, no melhor estilo sexy sem ser vulgar. Com a mudança, a cantora carioca dá um passinho em direção à lista, encabeçada por Rihanna e Beyoncé, de mulheres que sabem vestir looks provocantes e com apelo fashion. 

A mudança visual de Valesca começou pelas mãos da consultora Marcella Vinhaes, que há 4 meses foi substituída pela dupla de stylists Carola Chede e Lívia Lemos. 'Queríamos que as pessoas entendessem quem era realmente a Valesca. Ela é exatamente essa pessoa que vocês veem agora. Não é vulgar nem extravagante. Ela é, sim, uma grande admiradora da moda', diz Carola, em entrevista ao Estado. A admiração pelo universo fashion falou tão alto que a cantora e as profissionais já têm até planos de criar uma marca própria de roupas para Valesca. 'Estamos na fase de idealização dessa coleção', contou Carola. A stylist fala mais sobre a transformação de estilo da cliente famosa na entrevista a seguir.

Por que decidiram mudar o estilo de Valesca?

Na verdade, não decidimos mudar. Entendemos que essa mudança já vinha vindo há algum tempo. Então eu, a Lívia Lemos e a Valesca resolvemos dar continuidade e aprimorar ainda mais, principalmente nos acabamentos. Fomos cuidando de cada detalhe: roupa, sapato e acessórios.

Como foi adaptar o funk a um estilo mais elegante?

Quando fomos conhecer o closet da Valesca ficamos deslumbradas com a quantidade de peças boas que tínhamos ali para trabalhar, principalmente sapatos. Era um sonho! Quanto ao funk, não gostamos de rotular. Não sei quem inventou que uma cantora de funk não pode ser elegante. Principalmente a Valesca! Ela é uma pessoa elegante, principalmente na forma como trata a todos .

Em quem vocês se inspiraram para criar esse novo estilo?

Gostamos muito da Kim Kardashian por achar que ela tem um biótipo bastante parecido com o da Valesca. Também adoramos a Nicki Minaj e amamos a Beyoncé.

Qual a imagem que vocês pensaram para a Valesca transmitir com o novo estilo?

Queríamos que as pessoas entendessem quem era realmente a Valesca. Ela é exatamente essa pessoa que vocês veem agora. Não é vulgar nem extravagante. Ela é, sim, uma grande admiradora da moda. Conhece as tendências, ama as revistas de moda e está sempre ligada nos principais blogs do país.

Quais peças ela usava e que vocês tiraram do guarda-roupa dela?

Por incrível que pareça, não tiramos nada! O que fizemos foi mudar a forma com que algumas roupas eram usadas. E agregar peças que faltavam e achávamos importantes.

É muito difícil encontrar roupas para o padrão físico da Valesca?

Não. A moda está numa fase que favorece muito a Val. Saias mídi em geral, justas ou rodadas, caem perfeitamente. Gostamos muito de t- shirts também. Calças de cintura alta também são bem-vindas.  

Quais marcas a Valesca mais usa?

Zara, Skazi, Alphorria, Letage, Gucci, entre outras.

Há uma peça-chave do closet dela? Qual?

Peças de cintura alta em geral.

Vocês estão ajudando na criação da marca própria da Valesca? Qual será o estilo das roupas?

Sim! Estamos na fase de idealização dessa coleção. Queremos que seja acessível a todos que curtem a Valesca e que se identificam com a forma que ela se veste.

Quais dicas vocês dariam para as mulheres que querem repaginar o visual?

O primeiro passo é encontrar seu estilo pessoal. Depois, conhecer qual seu biótipo para vestir o que cai bem no seu corpo. Feito isso, não tem como errar.

Foto: Divulgação