Relacionamentos: ser gentil pode ajudar a curar depressão

Barton Goldsmith - O Estado de S.Paulo

A atitude faz com que a pessoa se sinta melhor com ela mesma

Em geral, acredita-se que uma pessoa deprimida não faz perguntas nem cria problemas. A depressão costuma ser vista como um transtorno inofensivo com o qual alguns infelizes precisam lidar. Entretanto, não se trata absolutamente de um transtorno inofensivo. Na realidade, a depressão é muito mais difundida em nossa cultura do que se imagina, e ela impede que nos relacionemos de maneira positiva.

Ser amável pode desfazer a negatividade que a pessoa teme estar sendo dirigida a ela

Ser amável pode desfazer a negatividade que a pessoa teme estar sendo dirigida a ela Foto: Tania Calado/Creative Commons

Se você se sente deprimido, não se envolve com a realidade exterior, e talvez mesmo ponha para fora muita negatividade. Um instrumento muito útil para superar a depressão é comunicar com os outros sendo simplesmente uma pessoa gentil. Embora possa parecer uma bobagem a ideia de que ser gentil com os outros possa aliviar sua sensação de depressão, você não conseguirá viver a vida se não se comportar com amabilidade. Algumas pessoas gostam de fazer os outros sofrer, mas a maioria se sente mal quando trata o próximo de maneira desprezível. Procurar ser gentil, fará com que você se sinta melhor com você mesmo.

Se andou tendo um comportamento negativo com os outros, pergunte a si mesmo se esta não será uma maneira inconsciente de supercompensar sua depressão. Tente olhar para trás e veja se consegue apontar o motivo pelo qual não está agindo de modo bem melhor. Terá medo de alguma coisa? Encontra-se numa situação que o faz sentir-se desconfortável? Ambas as sensações fazem com que você projete uma personalidade áspera como uma maneira de proteger-se e, na maioria das vezes, provavelmente nem tem consciência disso.

Ser uma pessoa amável ou alegre não significa que tenha de fazer o que os outros querem. Você não precisa concordar com as opiniões dos outros ou aceitar o mau comportamento de outras pessoas. Não se trata disso. Ser gentil significa apenas agir da melhor maneira possível com um pouco de amabilidade. Lembre do antigo ditado: “não é o que você diz, mas a maneira como diz”. A gentileza está em dizer e fazer coisas de maneira a não ofender, chocar ou provocar os outros. Ao contrário, você estará emocionalmente disponível para conversar e disposto a ajudar, se necessário. Apresentando-se de maneira amável, você pode desfazer magicamente toda a negatividade que teme esteja sendo dirigida contra a sua pessoa e, enquanto isso, sua depressão desaparece.

O poder da gentileza, quando ela não permite que sua depressão seja um estorvo, é enorme. O pouquinho de calor pode ser sentido pelos outros e voltará para você (muitas vezes, sem que você tenha consciência disso), e faz sua depressão desaparecer. Este intercâmbio silencioso é um dos elementos fundamentais para superar qualquer transtorno de comportamento.

Se você está se sentindo para baixo, sua missão será lembrar todas as coisas boas que as pessoas falam a seu respeito e procurar incorporá-las. Faça com que estes elogios convençam sua mente de que você é uma pessoa excelente, e os outros irão querem se relacionar e se envolver com você. Embora este seja fundamentalmente um processo interior, você precisa treinar com os outros. Amanhã, independentemente do que tenha planejado, faça trabalhar sua parte gentil e sorria a todos os que encontrar. Confie em que sua amabilidade lhe será devolvida e que sua depressão não conseguirá mais detê-lo.

Dr. Burton Goldsmith, psicoterapeuta de Westlake Village, Califórnia, é o autor do livro The Happy Couple: How to Make Happiness a Habit One Little Loving Thing at a Time.

Tradução de Anna Capovilla