Mullet, chanel e repicado: as tendências de cabelo da SPFW

Anna Rombino - O Estado de S.Paulo

Cada cabeça, uma sentença: modelos brasileiras que trabalham no mundo todo mostram os cortes que estão em alta

A top Cris Herrmann, conhecida por seu estilo ousado, é uma das que adotou o Mullet Repaginado

A top Cris Herrmann, conhecida por seu estilo ousado, é uma das que adotou o Mullet Repaginado Foto: Fernanda Figueiredo/Especial para O Estado de S. Paulo

Assim como na moda, as tendências de beleza são cíclicas. Ou seja, o que foi tendência em uma época, volta de forma repaginada anos depois. Prova disso? O médio repicado e volumoso com franja, bem anos 1980, que tem feito a cabeça de algumas modelos da SPFW. Esse e outros dois cortes apareceram como destaque nos bastidores dos desfiles, que começaram na segunda, 25, na Bienal, em São Paulo. Confira.

As mais clássicas, podem apostar no corte sem enfatizar muito o volume na raíz

As mais clássicas, podem apostar no corte sem enfatizar muito o volume na raíz Foto: Fernanda Figueiredo/Especial para O Estado de S. Paulo

 

Mullet Repaginado

O visual tem um pé no cabelo típico dos sertanejos dos anos 1980, com volume no alto da cabeça. A ideia é deixar o comprimento no ombro, os fios bem repicados e a textura natural. Pode ser adotado tanto por quem tem cabelo liso quanto pelas cacheadas. A franja dá um ar descolado, como mostra a top Cris Hermann, que graças ao look cool faz sucesso nas passarelas internacionais de marcas como a Saint Laurent.

O corte clássico imortalizado por Coco Chanel volta a fazer sucesso na próxima estação

O corte clássico imortalizado por Coco Chanel volta a fazer sucesso na próxima estação Foto: Fernanda Figueiredo/Especial para O Estado de S. Paulo

Chanel

Se o bob, ou a versão mais comprida dele, fez a cabeça de 8 entre 10 mulheres nas últimas temporadas, agora o cabelo curto aparece de maneira mais clássica. Usado reto e com as pontas para dentro, como pela modelo, fica sofisticado, meio Amelie Poulain. Cor natural e sobrancelhas idem complementam o visual.

A modelo Alicia Kuczman foi uma das tops que adotou o corte médio repicado para a temporada

A modelo Alicia Kuczman foi uma das tops que adotou o corte médio repicado para a temporada Foto: Fernanda Figueiredo / Especial para O Estado de S. Paulo

Longo repicado

Para as mulheres que preferem os fios mais longos, essa é uma boa aposta. Febre no início dos anos 2000, o cabelo  comprido com repicado em camadas, volta a ser usado. Funcionou bem para a loira Alicia Kuczman, que estrela editoriais mundo afora. Para ficar mais retrô, com um toque 70's, uma franja lisa dividida ao meio é boa pedida.