Molly Ringwald faz as pazes com as sardas

Bee Shapiro - O Estado de S.Paulo

Atriz que ficou famosa nos anos 1980 por papéis em filmes como Clube dos Cinco compartilha segredos de beleza

Rainha das telas nos anos 1980, conhecida por seus papéis em filmes como Gatinhas e Gatões, Clube dos Cinco e A Garota de Rosa Shocking, Molly Ringwald, 47 anos, continua fazendo sucesso nos filmes, teatro e música (é uma talentosa jazzista). Voltará às telas como Sra. Bailey no filme “Jem and the Holograms”, com estreia prevista para 23 de outubro. Quando não está filmando, Molly, mãe de três, vive no Vale do Hudson em Nova York, onde trabalha no seu terceiro livro - um romance.

A atriz Molly Ringwald compartilha os segredos de sua beleza

A atriz Molly Ringwald compartilha os segredos de sua beleza Foto: Erin Baiano/The New York Times

Cuidados com a pele

Uso os produtos de Kim Sevy, esteticista que conheci em Nova York graças ao dermatologista David Colbert. Ela deixou Nova York e foi para Utah, onde desenvolveu sua própria linha de produtos para a pele, chamada Alkim Me. São produtos em frascos e pacotes. O primeiro que uso é um mist, e em seguida uso um soro de vitamina C. Tudo isso vem num vidrinho e cabe a nós fazer a mistura, mantendo o conteúdo forte e potente. O terceiro é um ácido hialurônico, e o quarto um elixir de óleo. Esses produtos salvaram minha vida. Eu estava viajando o tempo todo, me hospedando em hotéis e usando os produtos do quarto, minha pele estava enlouquecendo. Agora uso isso dia e noite, e se realmente surgir um problema, visito Colbert, que dá um jeito em tudo.

Produtos para a pele da esteticista Kim Sevy

Produtos para a pele da esteticista Kim Sevy Foto: Erin Baiano/The New York Times

Maquiagem

Quando não estou trabalhando, praticamente não uso maquiagem. Tenho a sensação de dedicar toda a atenção à pele: se a pele estiver bonita, não é necessário usar muita maquiagem. Quando adolescente, eu usava muita maquiagem porque sempre tentava encobrir as sardas. Agora, gosto delas. 

Sempre uso protetor solar. Durante anos, estive à caça do batom vermelho perfeito, e agora estou em busca do protetor solar perfeito. É como o cálice sagrado: encontrar um que funcione sem impedir que a pele respire. No momento, gosto muito de um produto pigmentado, pois não dá a sensação de ser uma máscara. Uso até de noite.

Para os olhos, adoro cílios e me concentro neles. Não fui abençoada com os cílios mais lindos do mundo e, com frequência, se vou sair, uso cílios falsos. Sei aplicá-los em mim mesma, e os melhores podem ser encontrados na farmácia. 

Não sou muito rigorosa em relação às sobrancelhas. Costumo usar apenas pincel e um pouco de pó. No momento, estou usando o Anastasia Beverly Hills, mas depende da cor do meu cabelo. Quando estou ruiva, é bem difícil. As pessoas costumam usar lápis vermelho com o cabelo ruivo, e o resultado sempre é ruim. Prefiro algo mais cinza, marrom ou caramelo. Não é o mesmo tom.

Meu batom é Make Up 4 Ever número 42. Um ótimo vermelho. É minha arma secreta quando estou no palco. Mas, para o dia a dia, prefiro um look mais natural. 

Batom vermelho Make Up 4 Ever, número 42

Batom vermelho Make Up 4 Ever, número 42 Foto: Erin Baiano/The New York Times

Fragrância

Uso o perfume Carthusia Corallium. Quando me casei na Itália, há cerca de sete ou oito anos, eu e meu marido passamos a lua de mel em Capri. Fomos a uma loja e o vendedor me disse que o Carthusia só podia ser encontrado ali. Me conquistou. Então, quando estava em Nova York, encontrei o mesmo perfume na Bigelow’s. Como sou ingênua!

Perfume Carthusia Corallium

Perfume Carthusia Corallium Foto: Erin Baiano/The New York Times

Cabelo

Não sei exatamente qual a cor do meu cabelo agora, e não sei se gosto. Estava bem loira, depois fiquei ruiva, e tive que ficar loira de novo para refilmar algumas cenas de Jem. Então decidi que queria voltar à minha cor natural, que é um vermelho puxado para o castanho, mas as pontas estão com a cor antiga. 

Quando vou ao cabeleireiro, peço que apliquem Olaplex, que reforça o cabelo. No momento, o comprimento está nas orelhas, e a meta é chegar nos ombros. 

Dieta e exercícios

Meus exercícios favoritos são a ioga e a corrida. Gosto de tipos de ioga mais atléticos, mais para o estilo Ashtanga do que Iyengar. Também gosto muito de comer e, por isso, nunca serei o tipo de pessoa que elimina completamente os carboidratos. Nunca quero ter que me despedir do glúten. Tenho certeza que pesaria menos se seguisse mais regimes e tivesse hábitos mais regulares, mas então não seria a vida que levo. Gosto do aspecto social da comida e de sair para comer. Minha filosofia é simplesmente aproveitar a vida.