Modelo negra grávida posta fotos da barriga e é alvo de racismo

- O Estado de S. Paulo

Comentários criticavam a 'escuridão' do ventre da americana Porsche Thomas

A modelo Porsche Thomas estava grávida de gêmeos com 35 semanas de gestação quando foi vítima de racismo

A modelo Porsche Thomas estava grávida de gêmeos com 35 semanas de gestação quando foi vítima de racismo Foto: Reprodução/ Instamgran @porschethomas

Era apenas uma foto comum em que uma mãe de biquíni mostra orgulhosa a barriga de grávida, no entanto internautas transformaram a situação em mais um caso de racismo.  A modelo Porsche Thomas estava com 35 semanas de gestação dos filhos gêmeos, em 29 dezembro, quando foi atacada com comentários preconceituosos que criticavam a "escuridão" de sua barriga.

Para responder os ataques, a americana postou outra imagem com o ventre exposto. "Enquanto alguns de vocês estão aqui em meus comentários criticando a minha escuridão e a de minha barriga durante um feriado que deveria ser de celebrações, eu estou aproveitando a vida, criando seres-humanos minúsculos, realizando milagres e, esperançosamente, ficando ainda mais negra”, escreveu a americana.

A modelo também deu entrevista ao site BET e falou sobre a falta de representatividade de modelos negras grávidas na indústria da moda. "Era apenas uma foto para abraçar a barriga. Nós estamos acostumados a ver grávidas brancas. Nós não vemos com frequência a barriga de pessoas negras e, por alguma razão, quando vemos, as pessoas têm uma reação negativa em relação a isso, como se fosse algo vulgar", disse Porsche.

Porsche deu à luz Ausgust e Berlin no começo desse ano, em 7 de janeiro.

 

I can't stop staring at them #August #Berlin #fraternal #twins #mamasboys #inLOVE

Uma foto publicada por porschethomas (@porschethomas) em