Modelo britânico George Koh é condenado por assassinato de rival

Redação - AP

Harry Uzoka foi morto em Londres em janeiro deste ano

George Koh e Harry Uzoka eram considerados rivais na profissão

George Koh e Harry Uzoka eram considerados rivais na profissão Foto: Lars Bronseth/Tush Magazine e Fusion Models/Divulgação

Um modelo britânico foi condenado pelo assassinato de outro modelo, que era seu rival e fazia mais sucesso na indústria, depois de uma briga alimentada pelas redes sociais.

Na segunda, 13, o juri considerou George Koh culpado de esfaquear Harry Uzoka do lado de fora de sua casa, em Londres. A vítima tinha 25 anos, era contratado da agencia Premier Model Management e havia trabalhado para a revista GQ e para a Zara.

Promotores afirmaram que Uzoka acusava Koh de tentar o copiar e os dois homens brigaram após Koh dizer que ele dormiu com a namorada do rival. Em janeiro, Koh mandou uma mensagem a Uzoka o desafiando a uma briga.

Segundo o The Guardian, os homens estavam armados quando se encontraram, no dia 11 de janeiro. Enquanto Uzoka estava com uma barra de ferro, Koh levou dois amigos e apareceu com duas facas, uma em cada mão. Uzoka foi esfaqueado e morreu em frente a sua casa em Shepherd's Bush, em Londres no dia 11 de janeiro.

Koh, 24, negou o assassinato, mas confirmou que no dia do crime estava carregando as facas para defesa pessoal. Os outros dois homens, Merse Dikanda e Jonathan Okigbo, também foram condenados. A sentença sairá no dia 21 de setembro.