Mochilas ganham versões chiques e compõem looks fashionistas

Marília Marasciulo - O Estado de S.Paulo

Dê uma folga para as bolsas (e para os braços) e saiba como combinar o acessório que caiu nas graças da turma da moda. Veja também galeria com modelos

Com alças finas e tom neutro, a mochila ganhar ar sofisticado

Com alças finas e tom neutro, a mochila ganhar ar sofisticado Foto: Jay C

 

Nem só de it bags se faz um closet fashionista: as mochilas também vêm ganhando espaço entre modelos, blogueiras e atrizes descoladas. Longe das salas de aula, o acessório aparece nas coleções atuais de grifes como Chanel e Mulberry em versões mais modernas e chiques. De tecido, lona, couro, com ou sem estampa, as opções são muitas e ajudam a compor produções descoladas.

 

Embora a história da peça venha lá da pré-história, quando o homem criava sacos de couro de animal para carregar de objetos de caça a crianças, deixando as mãos livres, o modelo como conhecemos hoje surgiu nos anos 1990. “Foi mais ou menos quando os laptops começaram a se popularizar e carregá-los em bolsas dificultava a mobilidade”, diz Dhora Costa, autora do livro “A História das Bolsas” e professora do curso de Design de Moda do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. O acessório também marcou a tendência unissex, já que, na época, a divisão de gênero ainda era forte, e a mochila sempre teve passe livre entre homens e mulheres.

 

Para quem está acostumado a grandes deslocamentos diários e a passar longos períodos longe de casa, a mochila nunca saiu de moda. Mas, agora, ela ressurge como elemento fashion em um movimento da moda que também aponta para a funcionalidade e a praticidade - é preciso estar com  as mãos livres para poder teclar e conversar à vontade nos smartphones e transitar de bicicleta pela cidade, por exemplo.

 

Se é difícil definir um acontecimento ou estilista responsável pelo sucesso do acessório nos anos 1990, na opinião da professora a tendência atual tem um marco importante: o desfile de alta costura da coleção de primavera 2014 da grife Chanel. O estilista Karl Lagerfeld trouxe tênis combinados a vestidos, referendando a ideia de que despojada e sofisticação podem andar juntos.

Na opinião de André Carvalhal, gerente de marketing da Farm, a mochila transita entre o casual e o chique numa boa. “A peça não tem o compromisso de criar um visual arrumadinho, mas pode ser usada em situações formais e dá um toque descolado à produção”, diz. A Farm, que já vende em suas lojas os modelos clássicos da Jansport, anunciou uma parceria exclusiva com a marca, em uma coleção de mochilas que terá estampas com a cara da grife carioca.

 

O segredo, para quem ainda tem um pé atrás em relação à tendência, é prestar atenção ao material. “Looks mais sóbrios pedem mochilas estruturadas, em couro ou algum tecido nobre”, diz Damylla Damiami, consultora de estilo da Damyller, marca que também aposta em modelos jeans do acessório. Em produções mais despojadas, vale apostar em versões jeans, tecido que está em alta nesta temporada.