Marca de luxo lança coleção para mulheres muçulmanas

- O Estado de S.Paulo

Linha da Dolce & Gabbana tem hijabs e abayas com estampas exclusivas, cores neutras e aplicações de renda

 Os estilistas Domenico Dolce e Stefano Gabbana anunciaram na terça-feira, 5, o lançamento de uma coleção desenhada para mulheres muçulmanas. Com estampas exclusivas e cores neutras, os hijabs e abayas da linha têm padronagens e aplicações de renda, algumas das características de sucesso das roupas convencionais da grife italiana Dolce & Gabbana.

Divulgação
Ver Galeria 9

9 imagens

Tradicional conjunto de vestimentas da cultura islâmica, o hijab preconiza a privacidade, modéstia e moralidade das mulheres muçulamanas. Em árabe, a palavra significa "cobertura". Pode se referir a desde o véu, que cobre somente o rosto, até a burca, que esconde o corpo inteiro. Na coleção da Dolce & Gabbana, aparece em forma de véu, acompanhado da abaya, uma espécie de robe usado por cima das roupas.

O investimento das grandes grifes no segmento faz sentido: de acordo com um relatório da Thomson Reuters, os muçulmanos gastaram US$ 266 bilhões em roupas e calçados em 2013, e a expectativa é de que o valor suba para US$ 484 em 2019.