Maquiagem e cabelos exóticos marcam desfiles de Paris

Mariana Belley - O Estado de S.Paulo

Marcas como Margiela, Givenchy, Kenzo e Emanuel Ungaro trouxeram para seus desfiles traços, cores e penteados pouco convencionais

Make nada que nada! Nas passarelas da semana de moda, o visual natural de estações passadas cede espaço a extravagâncias como piercings no rosto e produtos de beleza neon

Desfile Margiela

Desfile Margiela Foto:

John Galliano estreou com chave de ouro no prêt-à-porter da Maison Margiela e mostrou que sua ousadia está de volta. Algumas modelos entraram na passarela com cabelos selvagens, despenteados e frisados do meio até as pontas. Outras apareceram de perucas coloridas. Os rostos também tinham cores. Muitas cores. Algumas modelos receberam sombras, que mais pareciam tintas. A boca, de palhaço, recebeu batom vermelho. Para completar o clima teatral, algumas meninas cruzaram a passarela curvadas e de braços cruzados. 

Desfile Givenchy

Desfile Givenchy Foto:

Já, Riccardo Tisci, da Givenchy, não trouxe cores, tampouco traços. As modelos usavam o cabelo dividido ao meio e, sobre a testa, poucos fios criavam uma espécie de franja falsa. Difícil descrever. Brincos, dos mais variados, 'furavam' as modelos em diversas partes do rosto: narinas, septo, bochechas, orelhas, boca, queixo. Tudo com pedrarias e pérolas.

Desfile Kenzo

Desfile Kenzo Foto:

A Kenzo focou nos olhos e pintou os olhos das modelos com uma faixa branca. Já a grife Emanuel Ungaro chamou toda a atenção para a boca e optou por um batom vinho super escuro, quase preto. Esse, pelo menos, dá para usar na vida real. Ou não?

Desfile Emanuel Ungaro 

Desfile Emanuel Ungaro  Foto: AFP