Louis Vuitton exibe segundo maior diamante do mundo em Paris

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Pedra preciosa foi descoberta em Botsuana, na África, em 2019; concorrentes da empresa também entraram no ramo de joalheria de luxo

Diamante é do tamanho de uma bola de tênis

Diamante é do tamanho de uma bola de tênis Foto: Stephane de Sakutin / AFP

Atualizada em 22/01/2020, às 13:15

A Louis Vuitton chamou atenção ao exibir nesta terça-feira, 21, sua mais recente compra: o segundo maior diamante bruto do mundo. A grife pertencente ao grupo LVMH, que informou na semana passada ser dona de uma joia de 1.758 quilates, expôs a pedra em sua loja da Place Vendôme, em Paris.

A companhia não informou quanto pagou pelo diamante. Do tamanho de uma bola de tênis e coberto por carbono, o item foi descoberto em Botsuana em 2019 e será dividido em pedras preciosas. A ideia é que cada cliente possa participar do processo de criação de uma joia usando o diamante como matéria-prima, envolvendo o corte e a lapidação.

O diamante foi batizado de Sewelô, que significa "achado raro" em Setswana, língua oficial de Botsuana. O nome foi escolhido a partir de um concurso que envolveu a população do país e teve 22.000 inscrições com ideias de nome.

Mais conhecida por suas bolsas, a Louis Vuitton entrou no mercado de joias em 2012, no qual compete com a Bulgari, também do grupo LVMH, e a Cartier, do conglomerado Richemont.

Diamante está sendo exibido em uma loja de luxo em Paris

Diamante está sendo exibido em uma loja de luxo em Paris Foto: Stephane de Sakutin / AFP

Nos últimos anos, o segmento de joias emergiu como um dos que mais crescem no mercado de artigos de luxo, estimulando a compra da grife norte-americana Tiffany pelo LVMH por 16,2 bilhões de dólares no ano passado. A Gucci, da holding Kering, também informou em 2019 que se tornaria uma joalheria de luxo. 

Em 2019 a Louis Vuitton lançou duas coleções de joalheria de luxo, assinadas por Francesca Amfitheatrof, a B Blossom e a Riders of the Knights

Com informações da Reuters

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais