Janelle Monáe usa vestido com bandeira LGBTQ+ em premiação

Redação - O Estado de S.Paulo

A cantora e atriz participou do BET Awards no último domingo

Janelle Monáe no BET Awards

Janelle Monáe no BET Awards Foto: Danny Moloshok/REUTERS

Janelle Monáe decidiu homenagear o mês do orgulho LGBTQ+ em grande estilo neste domingo, 24. Para a premiação BET Awards, criada pela Black Entertainment Television para celebrar artistas afro-americanos do entretenimento e do esporte, a cantora e atriz norte-americana escolheu um vestido com a bandeira do arco-íris, símbolo do movimento. O modelo, com body bordado e saia de tule, foi criado pelo estilista libanês Nicolas Jebran. Completando a produção, Janelle usou um chapéu – marca registrada de seu estilo – e uma mini-bolsa decorada, também nas cores da bandeira.

Recentemente, ela declarou ser pansexual à revista Rolling Stone. “Eu quero que jovens garotas, garotos, não-binários, gays, héteros, pessoas queer que estão tendo dificuldades em lidar com sua sexualidade, sentindo-se apagadas ou sofrendo bullying por ser quem são, que saibam que eu enxergo vocês. Este álbum é para vocês. Tenham orgulho”, disse ela sobre seu álbum Dirty Computer, lançado em abril deste ano. 

Durante o evento, que aconteceu em Los Angeles, Janelle Monáe apresentou duas faixas do disco: Django Jane e I Like That.

Janelle Monae vestiu Nicolas Jebran na premiação

Janelle Monae vestiu Nicolas Jebran na premiação Foto: Leon Bennett/Getty Images/AFP

O evento aconteceu em Los Angeles, nos EUA

O evento aconteceu em Los Angeles, nos EUA Foto: Lisa O'Connor/AFP