Homem grávido e sustentabilidade na Semana de Moda de Londres

Edouard Guihaire - O Estado de S.Paulo

Evento que abre a temporada de desfiles masculinos foi voltado para a moda de rua

 

Xander Zhou também apresentou um casaco de seis braços

Xander Zhou também apresentou um casaco de seis braços Foto: AFP PHOTO / NIKLAS HALLE'N

Uma gravidez masculina e modelos com flores foram algumas das imagens mais marcantes da semana de moda masculina de Londres, que encerrou na segunda, 11. A coleção do estilista chinês Xander Zhou incluiu um modelo homem com uma falsa barriga de grávido, vestido uma calça jeans e uma camiseta que dizia New World Baby (bebê do novo mundo, em português). 

"Estamos preparados para saudar uma futura gravidez masculina", explicou o designer pelo Instagram. O mesmo desfile também apresentou uma das roupas mais improváveis: um complicado casaco com seis mangas dispostas em forma de estrela. Não à toa, sua coleção de primavera-verão 2019 leva o título de "sobrenatural, extraterrestre e companhia". 

O homem grávido de Xander Zhou

O homem grávido de Xander Zhou Foto: AFP PHOTO / NIKLAS HALLE'N

Edward Crutchley se inspirou na "mitologia contemporânea", e incluiu nas peças gravuras do artista francês Lucien Murat sobre um mundo pós-apocalíptico de criaturas deformadas. A coleção também tinha referências japonesas e uma colaboração com uma empresa de kimonos de Quioto. 

O estilista Christopher Raeburn, especialista em moda sustentável, usou imagens da NASA de calotas polares derretendo para criar uma coleção com compromisso social batizada de React Now (reaja agora). 

Liam Hodges olhou para a natureza com desenhos de motivos vegetais e de pele de leopardo. Seu look de maior impacto foi uma camiseta preta com a imagem de um peitoral romano usado por um modelo de capacete de guarda pretoriana. 

Desfile de Christopher Raeburn falou sobre sustentabilidade e aquecimento global

Desfile de Christopher Raeburn falou sobre sustentabilidade e aquecimento global Foto: REUTERS/Henry Nicholls

O esperto desfile de "Man", projeto que apresentou ao grande público a maioria dos estilistas britânicos da nova geração, fez um desfile misto. Os homens usavam saias, vestidos de noite e sem parte de cima. O modelo transexual Munroe Bergdorf usou uma das produções mais aplaudidas, constituída por uma camiseta larga com os dizeres high concept character (personagem de alto conceito) e botas pretas. 

A Semana de Moda de Londres, particularmente voltada à moda de rua, não seria a mesma sem o toque chique britânico e a elegância clássica da velha escola. Foi aí que brilhou Oliver Spencer, com uma coleção de saias em linho e algodão orgânico, cores mineiras e um toque de sensibilidade hippie com jaquetas combinadas com bermudas e flores.