Flavia Aranha cria figurino da turnê OK, OK, OK de Gilberto Gil

Redação - O Estado de S.Paulo

As roupas foram tingidas com matérias-primas naturais

As roupas de Gilberto Gil foram tingidas com Pau-Brasil

As roupas de Gilberto Gil foram tingidas com Pau-Brasil Foto: ALEX SILVA/ESTADAO

A estilista Flavia Aranha, conhecida por sua moda sustentável, com tingimentos naturais e produção local, é a responsável pelo figurino da turnê do álbum "OK, OK, OK", de Gilberto Gil. 

No palco, o cantor baiano seus músicos usam conjuntos monocromáticos de camisa e calça - cada um ganhou uma cor feita a partir de plantas como Pau-Brasil (a de Gil), catuaba e até cascas de cebola, doadas por produtores do interior de São Paulo. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Flavia Aranha (@flaviaaranha) em

Esta não é a única novidade da grife: no último dia 29, ela abriu sua primeira loja internacional, em Lisboa. "“Criamos um ambiente neutro para destacar as roupas, com elementos de ancestralidade, característica tão presente no trabalho da Flavia, misturados a outros mais tecnológicos e contemporâneos", explica Guto Requena, que assina o projeto do espaço, localizado dentro da Casa Pau-Brasil. "Um convite para o cliente adentrar na essência da marca, descobrir surpresas como as ervas, flores, sementes brasileiras, enquanto o canto das fiandeiras e dos artesãos é reproduzido em caixas de som que disparam na abertura do grande espelho porta." 

A primeira coleção da marca vendida no exterior fala justamente do que é essencial. Todas as roupas foram produzidas em algodão 100% orgânico, que serve de fonte de renda para famílias do interior da Paraíba. Sua matéria-prima é pensada para valorizar a flora brasileira e para trabalhar com cooperativas e grupos que visam a manutenção do meio ambiente. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Flavia Aranha (@flaviaaranha_) em