Fashionistas imigrantes mandam mensagem para Donald Trump

- O Estado de S.Paulo

Adriana Lima, Lais Ribeiro e Diane Von Furstenberg fazem parte da ação criada pela W Magazine

A modelo baiana Adriana Lima mora em Nova York

A modelo baiana Adriana Lima mora em Nova York Foto: REUTERS/Jean-Paul Pelissier

O mundo da moda está cada vez mais usando a sua influência para falar de causas sociais e criticar as medidas adotadas por Donald Trump. A publicação W Magazine reuniu um time de 81 pessoas que trabalham na indústria, entre eles estilistas, fotógrafos, modelos e jornalistas, todos imigrantes que moram nos Estados Unidos, para protestar contra a medida de fechar temporariamente as portas americanas a refugiados de sete países muçulmanos. 

No vídeo, fashionistas como as brasileiras Adriana Lima e Lais Ribeiro, a britânica Grace Coddington, o francês Joseph Altuzarra, a belga Diane Von Furstenberg, a polonêsa Anja Rubik e os holandeses Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin, mandam uma mensagem: "eu sou um imigrante". 

Dá o play!