Extinta há um ano, revista ‘L’Uomo Vogue’ é relançada na Itália

Redação - O Estado de S.Paulo

Nova encarnação do projeto se pretende mais internacional e focada em moda

Duas das cinco capas do relançamento da 'L'Uomo Vogue': Pharrell Williams, fotografado por Brigitte Lacombe, em look Armani; e Aiden Andrews em foto de Annemarieke Van Drimmelen, de Valentino

Duas das cinco capas do relançamento da 'L'Uomo Vogue': Pharrell Williams, fotografado por Brigitte Lacombe, em look Armani; e Aiden Andrews em foto de Annemarieke Van Drimmelen, de Valentino Foto: Fotos Brigitte Labombe - Annemarieke Van Drimmelen/ L'Uomo Vogue

Um anos depois de interromper sua circulação e prestes a completar cinco décadas de seu lançamento, a L’Uomo Vogue (espécie de Vogue para homens) ressurge revista e renovada em plena temporada de desfiles masculinos, que começa nesta sexta, 8 de junho, em Londres, e segue em Florença, Milão e Paris até dia 25.

No seu relançamento, a publicação ganha com cinco capas diferentes, uma estrelada por Pharrel Williams, e outras quatro com pelos modelos Aiden Andrews, Alton Mason, Kobe Delgado e Rogier Bosschaart. Entre os assuntos deste número 1 (eles zeraram a contagem de edições), uma série de ensaios assinados por fotógrafas mulheres sobre homens, “as 165 peças mais desejáveis da estação”, “pioneiros da moda masculina”, “ícones de estilo de agora” mais “histórias, opiniões e previews”.

A L’Uomo Vogue deve circular duas vezes ao ano (em junho e outubro), mirando um mercado global com textos em italiano e inglês, focando mais em moda e deixando assuntos de lifestyle em segundo plano.