Ex-assessora de Trump diz que Melania 'usa a moda para punir seu marido'

Redação - O Estado de S.Paulo

Omarosa Manigault fez revelações sobre o que ocorre dentro da Casa Branca em seu livro de memórias

Melania e Trump acompanham seu filho Barron na Casa Branca 

Melania e Trump acompanham seu filho Barron na Casa Branca  Foto: REUTERS/Joshua Roberts

As escolhas fashion de Melania Trump nem sempre agradam a todos. Por exemplo, em uma visita as crianças detidas na fronteira com o méxico ela usou uma jaqueta com escrito "Eu realmente não ligo, e você?" ou quando foi visitar as vítimas do furacão Harvey, em 2017, usou saltos altos.

Segundo Omarosa Manigault, nada disso foi acidental. Em seu livro de memórias Unhinged: An Insider's Account of the Trump White House (Desequilibrado: um relato de uma pessoa de dentro sobra a Casa Branca de Trump), a ex-assessora do presidente dos Estados Unidos conta sua versão de alguns fatos envolvendo a atual administração. 

Ao portal Daily Mail, ela deu mais detalhes sobre como, segundo ela, Melania Trump usa a moda para atingir seu marido. "Como uma pessoa que entende de moda e uma mulher profundamente consciente de sua imagem, ela sabe que suas escolhas de estilo serão examinadas e debatidas", conta Omarosa. "A mensagem por trás das roupas nem sempre são claras, mas nunca acidentais. Todas as opções dela tiveram o mesmo propósito, e não apenas desorientar e distrair as pessoas - estratégias que o presidente conhece muito bem. Acredito que Melania usa a moda para punir seu marido." 

Ela também comenta sobre a última polêmica fashion envolvendo a primeira-dama norte-americana. "Na minha opinião, ela foi forçada a ir a fronteira para minimizar a bagunça de seu marido", explica. "Não que ela não tenha compaixão por crianças imigrantes. Tenho certeza que ela tem. Mas ela, de maneira alegre e peçonhenta, desobedeceu as ordens de seu marido para fazê-lo parecer tolo."