Estilista e arquiteto de Tatuí faz sucesso em Dubai

Olívia Andrade - O Estado de S.Paulo

Radicado nos Emirados Árabes há seis anos, o brasileiro Vincenzo Visciglia cria casas para xeiques bilionários e vestidos para mulheres que podem pagar mais de 40 mil euros por uma roupa

Vincenzo Visciglia, arquiteto e estilista brasileiro radicado em Dubai

Vincenzo Visciglia, arquiteto e estilista brasileiro radicado em Dubai Foto: Divulgação

Com 150 mil cristais Swarovski é possível criar algo em torno de 10 mil pulseiras no estilo Riviera. É muito brilho - e exatamente o número de pedras que adorna o longo assinado por Vincenzo Visciglia, arquiteto e estilista paulista, que foi convidado pela marca austríaca especialista em cristais para criar a peça. O vestido, de silhueta sequinha com leve abertura do tipo sereia na barra, mangas compridas e gola fechada, ainda está sendo construído e deve ser apresentado ao público no final de setembro, durante um evento de moda em Dubai, nos Emirados Árabes, onde o designer vive há seis anos. Por ter tantas pedras, o item custará mais de 40 mil euros. Nada que assuste a clientela abastada de Vincenzo. "Uma vez um cliente me pediu que projetasse um ambiente que tivesse paredes com cristais, então, desenvolvi uma tinta de Swarovski”. 

O vestido projetado pelo artista a pedido da grife Swarovski

O vestido projetado pelo artista a pedido da grife Swarovski Foto: Divulgação

Natural de Tatuí, cidade de 100 mil habitantes no interior de São Paulo, ele mudou-se aos 12 anos com a família para Miami, nos Estados Unidos. Acabou fazendo faculdade de arquitetura por lá e, em 2009, começou a trabalhar em Dubai. “O plano era passar três meses para conhecer a arquitetura local, que é supermoderna, mas, acabei gostando e resolvi ficar”, conta. Hoje, Vincenzo assina palácios e casas de xeiques bilionários e restaurantes frequentados pela alta sociedade árabe. “Fiz um palácio, na Arábia Saudita, para um xeique. Dentro da casa, ele pediu uma bananeira, uma tamareira e um limoeiro. Imagine dentro de uma casa ter todas essas árvores”, diz. 

Detalhe da aplicação dos cristais

Detalhe da aplicação dos cristais Foto: Divulgação

O sucesso na arquitetura se estende à moda. Além de projetos especiais como a colaboração para a Swarovski, Vincenzo comanda uma grife própria de roupas, a AAVA, a qual costuma definir como de ‘alta-costura para o dia-a-dia’. Apesar de não serem confeccionadas no Triangle d’Or, em Paris, como pede a patente da alta-costura, as peças têm pompa, cortes bem feitos e tecidos arrojados. “São roupas casuais, mas o acabamento é minucioso”, diz. “Sentia que as mulheres daqui precisavam de algo assim”. 

A marca também conta com uma linha de vestidos de festa, que é vendida em multimarcas de Dubai. Ainda este ano, Vincenzo abrirá as portas da sua primeira loja própria, no complexo de luxo D3 (Dubai Design District). O espaço, claro, foi projetado por ele. “O espaço terá 200 m² e o design vai ser bem clean, parecido com as lojas da Givenchy pelo mundo”, afirma. 

A longo prazo, o plano é que o negócio chegue ao Brasil. "Faz todo sentido, considerando que sou brasileiro e sinto uma energia muito boa quando estou aí”, diz, animado.