Estilista diz que não quer vestir Melania Trump

- O Estado de S.Paulo

Sophie Theallet, queridinha de Michelle Obama, publicou carta incentivando outros designers a ficarem longe da nova primeira-dama americana

Estilistas não querem vestir Melania Trump.

Estilistas não querem vestir Melania Trump. Foto: Damon Winter/The New York Times

A estilista Sophie Theallet foi um dos nomes frequentes no guarda-roupa de Michelle Obama durante os oito anos de Barack na presidência dos Estados Unidos. Mas ela quer passar longe dos looks de Melania Trump, mulher de Donald Trump e nova primeira-dama americana. Em uma carta publicada online, Sophie incentiva outros estilistas a fazerem o mesmo. 

"Como imigrante neste país, fui abençoada em poder perseguir meus sonhos nos Estados Unidos. Vestir a primeira-dama Michelle Obama nos últimos oito anos foi uma honra. E como uma pessoa que celebra a diversidade, a liberdade e tem respeito por todos os estilos de vida, eu não vou vestir ou me associar à próxima primeira-dama. A retórica de racismo, sexismo e xenofobia desencadeada pela campanha do marido dela são incompatíveis com os valores que compartilhamos", diz Sophie Theallet. 

Kaelen Haworth, conhecida por vestir Blake Lively, e Carmen Marc Valvo também disse que não vão vestir Melania Trump.