Empresa cria tênis feito de chicletes mascados reciclados

Redação - O Estado de S.Paulo

O Gumshoe surgiu a partir de gomas de mascar recolhidas das ruas de Amsterdã

Calçado do tênis, que tem o mapa de Amsterdã gravado, é feito de um plástico feito a partir da reciclagem de clichetes

Calçado do tênis, que tem o mapa de Amsterdã gravado, é feito de um plástico feito a partir da reciclagem de clichetes Foto: Divulgação/Gumdrop

Você sabia que um chiclete pode demorar até cinco anos para se decompor na natureza? O doce se tornou um problema de saneamento em Amsterdã, na Holanda, após a Segunda Guerra Mundial, quando o produto começou a ser produzido a partir de ingredientes sintéticos no lugar de naturais. 

Estima-se que, na cidade, 1,4 milhão de quilos de chicletes são recolhidos das ruas da cidade por ano, o que custa milhões de dólares para a prefeitura. Foi então que o governo de Amsterdã se juntou a empresa de calçados Gumdrop e o designer de calçados Explicit Wear para criar um tênis feito a partir da reciclagem desses chicletes.

A sola do Gumshoe é feito de Gum-Tec, um composto criado pelas empresas a partir da reciclagem da goma de mascar. "Descobrimos que o chiclete é feito de uma borracha sintética e, ao quebrar as moléculas, conseguimos criar um novo tipo de borracha", declarou Anna Bullus, diretora da Gumdrop, ao portal The Verge. O projeto usa cerca de 1kg de chicletes para criar quatro tênis. 

O calçado estará à venda à partir de junho custando 190 euros (cerca de R$ 807 reais) e será fabricado em duas cores: rosa e preto com vermelho.