Desfile da Moschino tem cultura pop e placas de trânsito

Monique Torres - O Estado de S.Paulo

Na apresentação da grife em Milão, o diretor criativo Jeremy Scott criou um clima urbano e divertido ao apostar no que chamou de "alta-costura de lava-rápido"

Foto: EFE/DANIEL DAL ZENNARO

Para o estilista americano Jeremy Scott, moda e diversão são sinônimos. E ele vem provando isso coleção após coleção desde que assumiu a direção criativa da grife italiana Moschino, em 2014. No desfile da marca na Semana de Moda de Milão na última quinta, 24, Scott montou um lava-rápido foi montado na passarela e fez roupas com tecidos felpudos e franjas que representavam as máquinas de lavagem. Isso mesmo, o tema da apresentação foi "alta-costura de lava-rápido" - nada muito estranho, considerando que os últimos desfiles da grife tiveram como referências a boneca Barbie, o McDonald's e os personagens dos Looney Toones.

Para transformar o caos urbano em uma imagem de moda surreal e lúdica, o estilista abusou de cores vibrantes e materiais sintéticos. Além disso, letreiros de sinalização, luminosos e placas de trânsito ganharam vez não apenas na ambientação do desfile, mas como acessórios nos looks. Tudo misturado a elementos do cotidiano e da cultura pop, como uma estampa de spray de limpeza (!) e uma bolsa com o rosto da personagem Lindinha, do desenho "As Meninas Superpoderosas".

Ao apostar na diversão como mote, Scott trouxe a Moschino de volta aos holofotes. Mais que isso, fez da marca um sucesso de vendas e um hit nas redes sociais - as it girls e blogueiras adoram ser fotógrafadas com as peças engraçadinhas da marca. Alguém tem dúvidas de que a bolsinha da Lindinha vai virar uma febre?