Criaram uma camiseta preta que não esquenta no sol

Redação - O Estado de S. Paulo

Marca alemã desenvolveu tecido tecnológico

Phoebe Heess, diretora criativa da marca que leva o seu nome, também trabalha para a Adidas

Phoebe Heess, diretora criativa da marca que leva o seu nome, também trabalha para a Adidas Foto: Phoebe Heess/ Divulgação

O preto é uma cor coringa no guarda-roupa, porém, no verão, peças neste tom acabam criando desconforto, já que esquentam muito rapidamente no corpo. Com isso em mente, a marca Phoebe Heess, que fabrica apenas produtos em preto, se propôs a criar um novo tecido que não absorvesse tanto o calor. 

“Finalmente uma solução para todos que amam usar preto no verão”, diz a descrição da Vampireblack T-Shirt no e-commerce da marca. Usando nano-tecnologia, a camiseta promete continuar fresca mesmo nos dias mais quentes. Uma malha mais fina também foi aplicada nas costas da blusa, permitindo uma maior circulação de ar pelo look. Cada peça custa 69 euros. 

A marca Phoebe Heess também é responsável por ter criado uma cor que, segundo os criadores, é mais escura do que o próprio preto. A t-shirt  Viperblack foi criada com uma tecnologia que acaba refletindo 40% menos  luz, fazendo que o seu tom seja muito escuro.