Cooperativa de sobreviventes de áreas de conflito armado faz desfile na semana de moda da Colômbia

Gabriela Marçal - O Estado de S. Paulo

A passarela de 'Vivimos Pacíficamente' foi a mais emocionante e teve o maior peso de DNA andino nesta edição da Colombiamoda

A coleção 'Volver a comenzar' (Voltar a começar) foi a que mais apresentou referências de trajes típicos nesta edição da semana de moda da Colômbia

A coleção 'Volver a comenzar' (Voltar a começar) foi a que mais apresentou referências de trajes típicos nesta edição da semana de moda da Colômbia Foto: Inexmoda

Medellín - O desfile da coleção 'Volver a comenzar' (Voltar a começar) na semana de moda da Colômbia, a Colombiamoda, provocou comoção na plateia nesta quinta-feira, 27, na Plaza Mayor, em Medellín. Fruto do trabalho da cooperativa de artesãos 'Vivimos Pacíficamente' (Vivemos Pacificamente) em parceria com o estilista Juan Pablo Socarrás, as peças levaram para a passarela uma forte identidade colombiana e a superação de sobreviventes de áreas de conflito armado.

O estilista se inspirou na história de suas quatro tias-avós, que eram empreendedoras e ativistas políticas. Também fez parte do repertório criativo do desfile seu avô José Francisco Socarrás, que foi general e um dos pioneiros na Colômbia da psicanálise e psiquiatria.

O penteado com tranças presas, os babados, as aplicações, chapéus étnicos e as rendas florais pretas deixaram clara a intenção de ostentar o DNA andino. Para os homens, a aposta foi a alfaiataria em algodão em uma cartela de cores com preto, branco e, eventualmente, azul. 

No final do desfile o estilista Juan Pablo Socarrás e artesãos da cooperativa 'Vivimos Pacíficamente' entraram na passarela para receber aplausos

No final do desfile o estilista Juan Pablo Socarrás e artesãos da cooperativa 'Vivimos Pacíficamente' entraram na passarela para receber aplausos Foto: Inexmoda

Ao final do desfile, além do designer, os integrantes da iniciativa social entraram orgulhosos e emocionados passarela. Uma das cooperadas com deficiência física foi amparada por uma colega e fez questão de percorrer toda a passarela -  mesmo que  lentamente e com grande dificuldade ao caminhar. Definitivamente, a maior comoção desta edição da Colombiamoda. Um daqueles momentos que faz o público relembrar a função social e empoderadora da moda.

A cooperativa 'Vivimos Pacíficamente' acolhe sobreviventes de áreas de conflito armados e lhes dá a oportunidade de se tornarem artesãos.

Semana de moda da Colômbia tem dia histórico a favor da beleza mais real; veja fotos:

Luis Eduardo Noriega/ EFE | Luis Eduardo Noriega/ EFE | Joaquim Sarmiento/ AFP
Ver Galeria 18

18 imagens

* Repórter viajou à convite da Inexmoda