Chloé confirma a saída de Clare Waight Keller

reuters - O Estado de S.Paulo

Depois de seis anos como diretora criativa da grife francesa, a designer foi desligada na segunda-feira, 30

Clare Waight Keller no desfile de outono/inverno 2016 da Chloé.

Clare Waight Keller no desfile de outono/inverno 2016 da Chloé. Foto: AFP PHOTO / PATRICK KOVARIK

A marca francesa Chloé confirmou na segunda-feira, 30, a saída da designer britânica Clare Waight Keller, que ocupou o cargo de diretora criativa durante seis anos. A grife ainda não anunciou quem irá substituí-la.

Fontes disseram à Reuters no início deste mês que a Chloé, que pertence ao grupo Richemont, deveria nomear Natacha Ramsay-Levi, braço direito de Nicolas Ghesquière, da Louis Vuitton, para substituir Waight Keller.

"Por acordo mútuo, a última coleção de Clare será apresentada em 2 de março de 2017, com sua saída marcada para 31 de março", informou um comunicado da Chloé. As razões para o seu desligamento não foram divulgadas.

No entanto, fontes disseram à Reuters que Waight Keller, mãe de três filhos, decidiu não renovar o contrato, que termina em março. Desde que a família mudou-se de Paris para Londres, em junho, ela estava viajando entre as duas cidades.