Chapéu volta a fazer parte do look dos homens

Anna Rombino - O Estado de S.Paulo

Acessório, que foi criado como item de proteção, virou item de desejo fashion do sexo masculino e já faz a cabeça de Neymar

O jogador Neymar Jr. na última edição da Bola de Ouro: Chapéu coco completou o look fashionista

O jogador Neymar Jr. na última edição da Bola de Ouro: Chapéu coco completou o look fashionista Foto: AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

Foi de chapéu. Não mais um gol, nem lance genial de Neymar em qualquer partida de futebol. O craque do Barcelona foi literalmente de chapéu na cerimônia de entrega da Bola de Ouro - prêmio da FIFA que consagra os melhores jogadores de futebol do ano. O brasileiro ficou entre os três finalistas, mas quem levou o título foi seu companheiro de equipe, o argentino Lionel Messi.

Messi, que em anos anteriores já lançou mão de looks fashionistas, surgiu comportado com um smoking clássico. No quesito estilo, o destaque ficou mesmo para Neymar, que foi de fraque azul marinho da Armani, com lapela e colete de veludo. E, claro, o chapéu modelo coco. 

reprodução
Ver Galeria 7

7 imagens

Criado em sua versão mais rústica na pré-história, quando os povos primitivos precisavam proteger suas cabeças das baixas temperaturas ou do sol escaldante, o chapéu seguiu até a década de 1940 como item indispensável da vestimenta de homens e mulheres. Conforme os carros foram se modernizando, e com isso o teto ficando mais baixo, a dificuldade de usar o acessório foi crescendo, até que nos anos 1960 o então presidente norte-americano, John Kennedy, optou por não usar a peça, que se tornou opcional e acabou caindo em desuso.

Nos últimos anos, porém, homens e mulheres voltaram a investir no uso de chapéu. O acessório ganhou uma conotação fashion, inclusive no Brasil, e está disponível em uma gama de modelos moderninhos e atuais (veja na galeria). "O brasileiro está cada vez mais seguro em questão de estilo e começou a perceber que, por causa do clima tropical, o chapéu é uma opção, de complemento", afirma a consultora de moda Bia Paes de Barros. 

Para ela, Neymar acertou ao adotar o chapéu em um look formal. "Ele se diferenciou dos demais", diz. O uso do chapéu requer, no entanto, alguns cuidados. O clima do País, por exemplo, é um fato que precisa ser levado em consideração - por isso, tecidos mais pesados, tais como lã, devem ser evitados. 

A combinação de materiais merece atenção. Um chapéu de palha deve ser combinado com tecidos leves - como uma calça de linho e sandálias masculinas. Já os de feltro podem ser usados com jeans, camiseta e jaqueta. Quando se trata de etiqueta, nunca use-os dentro do escritório, mesmo se o ambiente for descontraído. 

Para quem quiser comprar seu primeiro chapéu e ousar no look como Neymar, Bia dá a dica: "O modelo tem que ser menor, mas proporcional à cabeça, com aba não muito grande porque não é prático", afirma. "Prefira os de tons neutros e escuros e procure um modelo que combine com as roupas que você tem. Assim fica mais fácil realmente usar a tendência."