Camila Coelho: como nasce uma blogueira de sucesso

Marina Domingues - O Estado de S.Paulo

De vídeos no YouTube a garota propaganda na TV, ela conta como conseguiu expandir seus domínios na web e fora dela

Camila Coelho: mais de 2 milhões de seguidores no Instagram

Camila Coelho: mais de 2 milhões de seguidores no Instagram Foto: Divulgação

Você conhece Camila Coelho. Mesmo que você não seja um dos 900 mil visitantes do blog dela, o antigo Super Vaidosa, que hoje leva seu nome, não esteja na lista de 1,5 milhão de assinantes que ela tem no YouTube, nem seja um dos mais de dois milhões de seguidores da it-girl no Instagram. Camila está na sua casa pela televisão. E você também a vê em banners de propagandas em shoppings. Ela é desses fenômenos virtuais que agora começa a conquistar o mundo real.

Quando começou a gravar vídeos explicando o passo a passo de uma maquiagem, ela nem imaginava o caminho que teria pela frente. “Tudo começou com meu canal de tutoriais de beleza no YouTube, em 2010, quando isso tudo ainda era muito novo”, conta Camila, que há dez anos mora nos Estados Unidos. Natural de Virginópolis, Minas Gerais, a jovem de 26 anos tinha uma paixão por batons, produtos de cabelo e tudo que envolve esse universo. Por isso decidiu fazer um curso de maquiagem, e logo foi trabalhar na Dior, na loja Macy’s, além de também atender clientes em domicílio, como noivas e madrinhas. “Foi aí que descobri por acaso o canal de uma americana, Kandee Johnson, e amei a ideia dos tutoriais. Como já era maquiadora, resolvi criar meu próprio canal de vídeos, com o simples objetivo de ajudar as meninas em casa, com dicas e truques de make.” 

Depois de notar o crescimento constante de visualizações de seus vídeos, Camila decidiu dar mais um passo. “Sempre me pediam um blog, para que eu pudesse compartilhar conteúdo diário e falar não só de beleza, mas também de lifestyle e moda, que eu sempre adorei.” Um ano mais tarde, em abril de 2011, nascia o Super Vaidosa, e, em apenas seis meses, Camila abandonou o trabalho para dedicar-se a ele. “Comecei o blog por diversão, mas sempre tentei mantê-lo o mais profissional possível. Já nesse período inicial, comecei a receber propostas de parcerias com lojas online, e percebi que isso poderia se tornar meu trabalho.”

Endereços virtuais começaram a enviar produtos para a blogueira, que testava as maquiagens ou usava as roupas, e depois postava uma foto ou vídeo com sua opinião. Com a ajuda do marido, Camila passou a administrar sua carreira e o blog, que tinha se tornado seu negócio. O Instagram veio logo em seguida, como ferramenta de auxilio às duas outras redes de divulgação, e com ele mais parcerias. Um ano de blog foi o suficiente para chamar a atenção da empresária Alice Ferraz, idealizadora do FHits, rede de blogs da qual Camila Coelho hoje faz parte. "Seu grande talento, simplicidade e carisma conquistam suas leitoras diariamente”, resume Alice. A partir desse momento, todos os cuidados com a imagem, parcerias, e equipe de marketing e comercial passaram aos cuidados da plataforma, que detém outros blogs como Modices, Look do Dia e Fashionismo.

Entenda qual é o caminho que uma blogueira percorre para ter sucesso:

O caminho ao topo continuou de vento e popa, e o próximo passo foi o reconhecimento da mídia. “Fui Glamour Girl em 2012, com direito a uma matéria de duas paginas. Foi muito marcante: sair em uma revista com um destaque tão grande era algo que eu nunca imaginava acontecer, principalmente com tão pouco tempo de blog”, lembra Camila, se referindo à revista Glamour Brasil. A diretora de redação da publicação, Mônica Salgado, apostou mais uma vez no time das blogueiras um ano mais tarde, com uma capa dedicada a elas, com uma votação que incluía cinco garotas. Com mais de 370 mil votos, Camila levou 44% dos eleitores e ficou em primeiro lugar. “A gente tem obrigação de reportar os fenômenos sociais mais relevantes do nosso tempo, e muitas revistas estavam negligenciando essa situação. Elas se tornaram tão influentes porque estavam no lugar certo e na hora certa. Preencheram um espaço que não era atendido pelos meios de comunicação”, explica Mônica.

A linguagem leve e direta cria uma relação pessoal com as leitoras. É uma espécie de bate-papo entre amigas. Essa afinidade – e os milhões de seguidores – dão um peso muito forte para a opinião de Camila. Qualquer produto postado por ela em qualquer um de seus veículos é um sucesso de vendas e se esgotar em minutos. O mesmo acontece com coleções que levam seu nome ou sua imagem. É uma aliança de ouro para as marcas. A lista de parcerias de Camila é extensa, só este ano a mineira fez parte da campanha da Le Postiche, ao lado de Giovanna Antonelli e Didi Wagner; a primeira websérie da Natura, com participação da atriz Juliana Didone, e pela segunda vez assinou uma coleção com a Riachuelo, a Riviera Francesa, para o Verão 2015. Todas com alcance nacional. E aqui vem o detalhe que dá um toque de celebridade à mineira: Camila estrela o comercial para televisão da Riachuelo, veiculado em todo o país. “O mundo dos negócios e de parcerias é, sim, uma tendência. Começou lá fora faz um tempo e aqui vem sendo muito aproveitado pelas blogueiras. Elas são personalidades, as marcas vão atrás delas para que elas co-assinem linhas das suas grifes, e isso foi um passo evolutivo”, explica Mônica Salgado.

A empreitada mais recente da blogueira é o lançamento do seu primeiro produto licenciado, uma linha e esmaltes com a YNC, que começou a ser vendido em setembro. Rodrigo Goecks, empreendedor da marca, conta que percebeu a força de Camila quando a viu em um evento no Rio de Janeiro, com milhares de fãs. “Mesmo sabendo da força virtual de Camila, me impressionei com o poder dela no mundo real. Eram meninas enlouquecidas, e isso nos chamou a atenção. Diante disso pensamos: é ela!”

Mesmo com o sucesso fora da web, Camila não deixou de investir em sua força com as plataformas digitais: atualmente tem um programa de moda no canal virtual FHits TV, chamado The Hits, ao lado do stylist Yan Acioli e de Alice Ferraz. E, claro, segue com o conteúdo diário no Instagram, tutoriais no Youtube e o blog, que acaba convertendo tudo em um só. “Hoje sou uma empreendedora do meio digital, com todas as ferramentas do meio. Adoro fazer conteúdo e esse continuará sendo meu caminho. Sou uma pessoa mais da área criativa, tenho uma equipe afiada para cuidar dos negócios”, define. Pode ser que ela não vá atrás dos contratos, mas enquanto o número de fãs seguir aumentando, os negócios vão continuar indo atrás de seu toque de Midas.