Cacete mixa sportswear, sexo e fetiche em sua estreia na SPFW

Sergio Amaral - Especial para O Estado de S. Paulo

Grife mineira especializada em underwear faz desfile vibrante e provocador

Modelos no encerramdo do desfile da Cacete Company

Modelos no encerramdo do desfile da Cacete Company Foto: Agência Fotosite/Divulgação

Misturando sexo, pornografia e esporte, a mineira Cacete Company, dos estilistas Raphael Ribeiro e Tiago Carvalho, fez uma ótima estreia no line-up do evento, com um desfile vibrante, provocador até maduro.

Especializada em underwear masculino e feminino, eles investiram na renovação de seu repertório, incluindo aqui  seu primeiro blazer de alfaiataria, assimétrico, assim como peças com cara de noite, como o costume e um vestido pretos bordados de canutilhos verdes.

Modelo desfila para a Cacete Company 

Modelo desfila para a Cacete Company  Foto: Agência Fotosite/Divulgação

Some a isso vestidos camisola de tule e chiffon de seda, usados sobre roupas esportivas, biquínis, lingeries e roupas esportivas em tricô, como macacões e bermudas, algumas delas com recortes ovais no derrière. Duas estrampas afrotontosas uma fotográfica pixelada e outra ilustrada traziam cenas de sexo e fetiche explícito. A plateia, um mix de gente da moda, da noite e muitos integrantes da cena LGBT paulistana, aplaudiu animadamente ao final.