Bob Wolfenson organiza mostra fotográfica

Maria Rita Alonso - O Estado de S.Paulo

Intitulada "À Flor da Pele", o principal tema da exposição é a sensibilidade feminina

Bob Wolfenson é um dos fotográfos mais conhecidos do Brasil. Sua área de atuação é ampla, suas fotos estão em galerias de arte, em revistas de moda, em livros que retratam todo tipo de personalidade, em séries dedicadas a natureza e por aí vai. Há 18 anos, ele criou também uma revista independente a S/N, na qual atua principalmente como editor, fazendo curadoria do trabalho de colegas que admira, além de publicar fotos suas também. 

Bob Wolfenson
Ver Galeria 9

9 imagens

Este ano, a revista tomou outra forma. No lugar da edição em papel, Bob montou uma exposição, com patrocínio da C&A e do Governo do Estado, que será aberta hoje, às 19h. “Em exibição, estão 150 fotos, todas elas publicadas em sua revista ao longo dos últimos anos. Intitulada “À Flor da Pele”, a mostra tem curadoria de Wolfenson, Helio Hara e Ricardo Feldman, seus parceiros na revista, e fica em cartaz até dia 20 de novembro. “Fizemos uma instalação lúdica com imagens de épocas diferentes, assinadas por fotógrafos com linguagens também bem diferentes”, conta Wolfenson. “A exposição gira em torno da sensibilidade feminina”.

Há retratos lindos e emblemáticos, assinados por fotógrafos que brilharam nas últimas décadas como Otto Stupakoff, Antonio Guerreiro, Vania Toledo e Gui Paganini. Entre as modelos, estão Gisele Bündchen, Luiza Brunet, Shirley Mallmann e Carol Trentini. Além de retratos de mulheres como Leila Diniz e Costanza Pascolato.