Aula do maquiador de Kim Kardashian em São Paulo causa polêmica

Redação - O Estado de S.Paulo

Alunas do curso de Mario Dedivanovic criticaram os produtos que vieram na sacola de presentes

O maquiador Mario Dedivanovic ficou conhecido por ser o queridinho de Kim Kardashian

O maquiador Mario Dedivanovic ficou conhecido por ser o queridinho de Kim Kardashian Foto: Instagram.com/makeupbymario

Mario Dedivanovic, maquiador oficial de Kim Kardashian e responsável pela técnica de contorno e iluminação popularizada pela empresária, deu um workshop de maquiagem em São Paulo neste domingo, 22. Porém, o curso está provocando uma polêmica na internet. 

Para participar da aula, os interessados podiam comprar três tipos de ingresso: o geral, que custava 389,99 dólares (R$ 1252), e dava direito à aula, uma foto com o maquiador, e um certificado de conclusão; o VIP, que saía por 619,99 dólares (R$ 1991), e incluía também uma bolsa de presentes; e o VIP Exclusivo, que garantia a entrada prioritária na sala, por 849,99 dólares (R$ 2130). 

Porém, ao final do curso, as alunas ficaram decepcionadas com o conteúdo da sacola de presentes, que não continha os produtos usados por Dedivanovic na aula, nem de suas marcas favoritas. 

No kit estavam inclusos cosméticos da Make Up Forever e MAC, e maquiagens de marcas mais populares, como batons da marca Bruna Tavares e pincéis Macrilan, além de miniaturas e amostras grátis de outros produtos. 

A maquiadora Andrezza Minotto usou o Instagram Stories para criticar a situação. "Se soubessemos que essa seria a bag, comparíamos o de 300 dólares, e iríamos para casa bem contentes com o curso", disse. "As pessoas que estavam lá reclamaram, e eles afirmaram que iriam devolver a diferença, já que quem pagou o ingresso mais barato ganhou a mesma bolsa que a gente." 

A blogueira Bruna Tavares, que participou do curso como patrocinadora com sua marca de cosméticos, também se pronunciou. "Eles pediram 300 batons para eu participar como patrocinadora, um para cada aluna. Eu enviei 2 e ainda algumas outras coisas, como um bloquinho", contou. "Para mim não deixa de ser uma decepção também, porque o investimento que minha marca fez não ficou equilibrado com o que estava na bag."