Ao vivo: o desfile de inverno 16 da Valentino

- O Estado de S.Paulo

Veja a apresentação da nova coleção de prêt-à-porter da marca na Semana de Moda de Paris

A coleção de alta costura primavera/verão 2016 da Valentino: A obra do designer espanhol Mariano Fortuny virou uma série de vestidos clássicos e sensuais.

A coleção de alta costura primavera/verão 2016 da Valentino: A obra do designer espanhol Mariano Fortuny virou uma série de vestidos clássicos e sensuais. Foto: AFP PHOTO / MIGUEL MEDINA

As criações de Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli, esilistas da marca, costumam ser cheias de atribuições históricas e ao mesmo tempo trazem forte o DNA italiano da grife, com peças que são clássicas e sensuais. Na última temporada de alta costura, por exemplo, a dupla se inspirou na obra do designer espanhol Mariano Fortuny para desenvolver uma série peças em veludo, tule e chifon, cheias de transparências e decotes vertiginosos. Foi dessa coleção que saiu o vestido que Olivia Wilde usou no último Oscar.

Já na temporada de verão 16 de prêt-à-porter, a marca buscou referências na África e na cultura rastafári e apresentou um desfile repleto de vestidos escuros, com tecidos leves e transparentes arrematados por detalhes tribais que causaram polêmica - e desejo entre as fashionistas.