Amor e respeito superam a diferença de idade

Barton Goldsmith - O Estado de S.Paulo

A idade de uma pessoa não é tão importante como existir uma boa comunicação e saber como discutir de maneira aberta para manter a família unida durante décadas

O fator mais importante para uma relação ter êxito é o respeito mútuo

O fator mais importante para uma relação ter êxito é o respeito mútuo Foto: Sheila Sund/ Creative Commons

As pessoas costumam ficar surpresas com casais cuja diferença de idade é grande. E quando a diferença é de mais de dez anos ela é questionada. A verdade é que existem tantas outras coisas mais importantes quando se trata de amor duradouro do que a idade.

A idade de uma pessoa (comparada à sua) não é tão importante como existir uma boa comunicação e saber como discutir de maneira aberta, para manter a família unida durante décadas. Existem muitos casamentos felizes entre casais cuja diferença de idade é de mais de 20 anos.

Durante muitos anos num casamento tradicional o marido era o ganha-pão da casa e a mulher a mãe que se consagrava aos filhos e se dedicava aos afazeres domésticos, assim considerava-se apropriado para um homem casar-se com uma mulher mais moça, até 15 anos mais jovem. A ideia predominante era de que a mulher teria de estar jovem o bastante para cuidar dele na velhice e ela teria a herança e os filhos para ajudá-la quando estivesse mais idosa.

Como os tempos mudaram e mais mulheres voltaram a trabalhar, esse velho sistema começou a ser considerado menos ideal por muitos. Um número crescente de pessoas começou a buscar um companheiro da sua idade, acreditando que quanto mais coisas o casal compartilha, mais fácil será sua vida em comum a longo prazo. O que é verdade em muitos casos, mas hoje o pêndulo vem oscilando na direção oposta, e as mulheres estão abertamente em busca de homens mais jovens do que elas. Algumas dizem que não querem se tornar enfermeiras do marido mais velho (o que pode ser um sinal de alarme). Outras querem um companheiro que viva no mesmo ritmo delas (o que faz sentido).

Você tem de discutir com seu companheiro ou companheira qual o tipo de vida que deseja antes de firmar um compromisso de longo prazo, especialmente se um de vocês tem filhos ou deseja tê-los, e o outro não. Outra grande diferença pode surgir se um de vocês deseja se aposentar. Ignorar as suas diferenças não fará com que elas desapareçam, pois ressentimentos surgirão. Isto é algo que vocês devem discutir antes de oficializarem sua união.

O fator mais importante para uma relação ter êxito é o respeito mútuo. Se não sentir respeito e respeitar seu parceiro, sua relação definhará. O amor é poderoso, mas a falta de respeito pode matar um relacionamento. Na verdade, algumas pessoas estão habituadas, mas a falta de respeito tem um efeito tóxico sobre ambos os parceiros.

Termos aviltantes como "cougar" (um termo usado pelos americanos para uma mulher madura que busca relacionamentos com homens bem mais jovens), ou "velho pervertido" existem há muito tempo, e os rótulos fazem as pessoas parecerem menos que humanas. Enfim, uma grande diferença de idade realmente não é importante desde que o casal esteja consciente do que isto significa para a sua vida juntos. Não permita que uma experiência péssima de alguém com um homem ou uma mulher mais jovem ou mais velho possa desencorajá-lo de viver com a pessoa que ama. 

Barton Goldsmith é psicoterapeuta em Westlake Village, Califórnia

Tradução de Terezinha Martino