Alexander McQueen coloca modelos com curvas em sua passarela

Redação - O Estado de S. Paulo

Marca trouxe diversidade para a Semana de Moda de Paris

Grife Alexander McQueen coloca modelos com curvas em sua passarela

Grife Alexander McQueen coloca modelos com curvas em sua passarela Foto: REUTERS/Gonzalo Fuentes

O debate sobre diversidade no mundo da moda foi intenso durante a New York Fashion Week, com marcas como Christian Siriano e Prabal Gurung chamando atenção da causa em suas passarelas. Porém, na Semana de Moda de Paris, o assunto ainda não havia sido abordado, até agora.

Nesta terça-feira, 3, a grife Alexander McQueen colocou duas modelos com curvas em seu desfile. “A coleção era sobre sororidade e uma celebração do feminino”, disse Jess Hallett, diretora de casting do show, para a Vogue norte-americana. Ela fez questão de que as meninas na passarela conversassem com o tema. Eline Lykke e Betsy Teske foram as escolhidas por Jess para a apresentação, ambas "new faces", ou seja, ainda novas no mercado da moda. 

Visto que é rara a oportunidade de modelos fora do padrão estarem nas passarelas, ainda mais de uma Semana tão tradicional como a de Paris, Eline contou para a Vogue sobre a sua reação com a confirmação de que participaria do desfile: “Quando descobri que era para a Alexander McQueen, uma marca que eu amo, chorei de emoção”. 

Modelo Eline Lykke desfila para a marca Alexander McQueen

Modelo Eline Lykke desfila para a marca Alexander McQueen Foto: AFP PHOTO / FRANCOIS GUILLOT

Modelo Betsy Teske na passarela da grife Alexander McQueen

Modelo Betsy Teske na passarela da grife Alexander McQueen Foto: AFP PHOTO / FRANCOIS GUILLOT