'Águas de beleza' fazem sucesso no mundo da maquiagem

Anna Rombino - Especial para O Estado de S. Paulo

Água termal, micelar, hidrolato... Entenda o que são e quais as diferenças entre elas

A água termal, por exemplo, é muito usada em desfiles de moda

A água termal, por exemplo, é muito usada em desfiles de moda Foto: REUTERS/Rafael Marchante

Cada vez mais estamos atentos a importância da água para saúde. Já é de conhecimento geral que beber pelo menos 2 litros d'água por dia melhora e pele e o cabelo, ajuda o corpo a desinchar e ajuda significamente a saúde. Agora, os benefícios da água também estão virando febre no mundo da beleza. 

Mas não é a tradicional água da torneira que está sendo comercializada. Elas vem com aditivos, nutrientes e vitaminas que hidratam, revitalizam e rejuvenescem a pele. A mais famosa delas é a água micelar, um poderoso demaquilante, que não tem óleo e não precisa ser removido da pele após o uso. Ela possui micelas, uma estrutura molecular que de um lado se liga à água e de outro a óleos, removendo os resíduos de maquiagem e poluição sem agredir. 

"Não tem parabenos, então é indicada até para peles sensíveis e acneicas", explica a dermatologista Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. "Para ativar as micelas, é recomendado agitar antes do uso e é melhor passar depois de um demaquilante mais pesado. Ela vai retirar a maquiagem, restos de poluição e o óleo do demaquilante, deixando na pele apenas nutrientes como selênio e zinco." 

Outra água que faz bastante sucesso é a água termal, que pode ser usada a qualquer hora do dia para revitalizar e refrescar a pele. Ela também ajuda a evitar a perda de água da cútis e a desidratação. A água termal é poderosa pois ela absorve nutrientes da terra e são retiradas diretamente das termas, geralmente da região mediterrânea, o que encarece o produto. Algumas marcas produzem uma versão alternativa do cosmético, criada em laboratório, com minerais inseridos quimicamente que imitam a composição original ou que possuem outros elementos, como vitamina C e E. Essas, são chamadas de águas biológicas e costumam ser mais baratas. "Elas possuem probióticos, que atuam como antiinflamatório. Também possuem propriedades calmantes e podem ser usadas após tratamento com lasers e ácidos, exposição ao sol, em caso de vermelhidão, como pós-barba, não tem contra-indicação", explica a Dra. Valéria. 

"A água termal é um ótimo recurso para ser usado em qualquer etapa da maquiagem", conta Cinthia Cesario, maquiadora oficial da Sephora Brasil. "Antes, ajuda a preparar a pele para receber os produtos. Após a aplicação da base, ela ajuda a esfumar o produto ou suavizar a cobertura. Se borrifar depois, ela deixa a pele com aspecto mais natural." 

Uma alternativa parecida com as águas termais são os hidrolatos, produzidos a partir da extração de óleos de plantas. "É como se você colocasse um princípio ativo na água, então ela fica com as propriedades do elemento. Pode ser antioxidante, hidratante, calmante. Só se deve prestar atenção na origem dessa planta, se ela é orgânica", diz a dermatologista. Para obtenção maior dos benefícios, é recomendado usar com a pele limpa. 

Outro tipo de água que está conquistando os amantes do mundo da beleza são as brumas fixadoras, que podem ser usadas antes e depois da aplicação e conferem uma aparência mais natural à maquiagem, além de aumentar a duração. "Elas funcionam como primers líquidos e podem ser usadas não apenas para produtos de pele, mas também como um ótimo truque para ajudar a fixar produtos para os olhos, como glitters", ensina Cinthia. As marcas de maquiagem estão se especializando cada vez mais nesses produtos, e cada um possui uma propriedade específica. Uns, por exemplo, ajudam a deixar a pele matificada, já outros atuam na redução da aparência de poros e linhas.