A nova androginia da Uma para o verão 2016

Maria Rita Alonso - O Estado de S.Paulo

A alfaiataria fluida, coordenada com tricôs e camisas de seda soltas deram leveza aos looks propostos pela marca para o próximo verão

Calças risca de giz, coletes longos, camisas brancas.  Tudo em preto, branco e um tom de cinza desbotado, meio pálido. O jogo entre os guarda-roupas masculino e feminino é a cerne da nova coleção da estilista Raquel Davidowicz, da marca Uma. "Tenho lido muitas reportagens sobre o novo feminismo e suas reivindicações por igualdade de salários e de oportunidades no mundo corporativo. Achei importante usar o mote da igualdade nessa coleção", disse ela, pouco antes do desfile.

JF Diorio/Estadão
Ver Galeria 14

14 imagens

A alfaiataria fluida, coordenada com tricôs e camisas de seda soltas deram leveza aos looks propostos para o verão 2016. Os dois cintos que arremataram com graça vestidos elegantes e minimalistas de comprimento midi. Sandálias com solas pesadas davam um status urbano às produções. "Pensei muito nas minhas clientes que trabalham, que vivem sem tempo e que precisam se sentir confortáveis e seguras para ir à luta". Uma moda para mulheres de cara limpa, sem excessos, sem deslumbres, que precisam se sentir à vontade para pensar... e agir!