A Moda e a Cidade: Arlindo Grund

Helena Tarozzo - O Estado de S.Paulo

Dono de um estilo que vai do clássico ao despojado, Arlindo Grund indica onde compõe o seu guarda-roupa fashionista

O apresentador no estacionamento onde fica a escondida Prince Books, livraria especializada em moda da rua Oscar Freire

O apresentador no estacionamento onde fica a escondida Prince Books, livraria especializada em moda da rua Oscar Freire Foto: Eliaria Andrade

Rosto conhecido da televisão por seu programa ao lado de Isabella Fiorentino, o Esquadrão da Moda, do SBT, Arlindo Grund é do tipo de pessoa que respira moda 24 horas por dia. Atuando há mais de 20 anos no ramo, o recifense radicado em São Paulo já passou pelos bastidores de grandes revistas como Playboy, Estilo e Marie Claire, e hoje, além do programa, toca também seu site AGrund.com. Conhecedor do bairro dos Jardins, onde mora e possui um escritório, como da palma de sua mão, o apresentador e consultor de moda não poderia ter melhor lugar para estar. Ali pode se sentar nos cafés na calçada para observar o estilo de quem passa, além de encontrar facilmente as lojas de seus estilistas favoritos, livrarias e teatro. 

Você mora e trabalha nos Jardins há mais de 12 anos. Como define o estilo das pessoas por aqui?

O que acho mais interessante desse bairro é que existe uma mistura de estilos. Pelo fato da rua Oscar Freire ser um local movimentado o que mais gosto é ver a senhoras elegantes que moram por aqui em contraste com jovens roqueiros, adolescente meio Selena Gomez, produtores de moda super estilosos, jornalistas 

O que você acha da moda de rua em São Paulo?

Ela é muito eclética e, dependendo do olhar, ela pode servir de fonte de inspiração para muitos criadores. As pessoas são criativas e não têm medo de ousar, o que é muito enriquecedor.

Quais são suas lojas de roupas favoritas na cidade?

Nos Jardins são Alexandre Herchcovitch, Forum Tufi Duek, Ricardo Almeida. Fora dessa região, também vou muito às lojas dos shoppings, Hugo Boss, Prada, Gucci e a do João Pimenta, em Pinheiros.   

Quais as melhores lojas de sapatos e acessórios?

Adoro as coleções masculinas do Antonio Bernardo e do Jack Vartanian. Para tênis gosto da Adidas Originals e também da Cartel 011, que fica em Pinheiros.

Qual o seu salão de beleza? Com quem você corta lá?

Vou ao CKamura, do Celso Kamura, e meu cabeleireiro é o Evandro Angelo, há 12 anos. Também vou uma vez por mês ao Laces and Hair fazer um tratamento e às vezes massagens.

Você tem algumas tatuagens. São quantas e qual é o seu tatuador?

Nossa, são mais de 50! Em São Paulo tatuo com a Nanda, que tem o estúdio Analogic Love, na Rua Augusta.