20 anos de ‘As Patricinhas de Beverly Hills': o que ficou e o que passou na moda

Marília Marasciulo - O Estado de S.Paulo

Sucesso de 1995, o filme influenciou uma geração de meninas. Veja galeria com vinte curiosidades do longa e fatos marcantes do ano de lançamento

As personagens principais Cher (centro), Tai (direita) e Dionne (esquerda)

As personagens principais Cher (centro), Tai (direita) e Dionne (esquerda) Foto: Reprodução

 

Um dos filmes mais icônicos da década de 1990, "As Patricinhas de Beverly Hills", completa 20 anos neste mês. Lançado nos Estados Unidos no dia 19 de julho de 1995, o longa permanece um sucesso até hoje e é um dos mais assistidos em serviços de streaming como o Netflix. A história gira em torno dos altos e baixos da vida da adolescente rica Cher Horowitz (Alicia Silverstone) e de seus amigos Dionne (Stacey Dash), Tai (Brittany Murphy) e Josh (Paul Rudd). "O visual, as roupas e o brilho do sol tornam o filme memorável", diz a jornalista Jen Chaney, autora do livro 'As If!: The Oral History of Clueless' ('Até parece!: A História Oral de Patricinhas de Beverly Hills', tradução livre, sem edição no Brasil), que será lançado no próximo dia 7. "O roteiro também é muito bem escrito, com frases ótimas. E, embora pareça estar enraizada em um período específico, a história é atemporal", completa a autora. 

Reprodução
Ver Galeria 20

20 imagens

Na opinião dela, as maiores mudanças que ocorreram no mundo desde o lançamento do filme foram o surgimento da internet e os atentados de 11 de setembro. "Mesmo com o uso intenso de celular nas cenas, o longa consegue capturar o último suspiro da forma como nos comunicávamos antes do e-mail e das redes sociais nos transforarem em devoradores de informação 24 horas por dia, sete dias por semana", diz. Para escrever o livro, Jen assistiu ao filme do começo ao fim pelo menos 20 vezes, entrevistou os envolvidos e pesquisou diversos arquivos. Descobriu, por exemplo, que atores conhecidos como Dave Chapelle, Jeremy Renner e Kerri Russel estavam na lista de opções para o elenco do filme, que tinha um orçamento de 12 milhões de dólares, considerado baixo mesmo na época. 

Outra curiosidade: Beverly Hills enfrentou dias de chuva durante a maior parte da produção e da filmagem, algo incomum na Califórnia, famosa por seus quase 300 dias de sol por ano. E, se um novo 'As Patricinhas de Beverly Hills' fosse criado no mundo da internet e pós 11 de setembro, como seria? "Acho que a maior diferença seria a inclusão dos smartphones, mas a essência da história, de uma garota tentando bancar o cupido e percebendo que pode se beneficiar ao se tornar uma pessoa melhor, não mudaria. Essa parte sempre será eterna", afirma a jornalista.