Valentino confirma saída de Maria Grazia Chiuri como diretora criativa

- AFP

Anúncio ocorreu após o desfile da marca na Semana de Alta Costura de Paris. Estilista deve assumir o posto na Dior, que permanece sem um diretor criativo desde a saída de Raf Simmons no ano passado

Os estilistas Pierpaolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri no desfile de sua última coleção criada em conjunto para a Valentino

Os estilistas Pierpaolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri no desfile de sua última coleção criada em conjunto para a Valentino Foto: AFP PHOTO / BERTRAND GUAY

A grife italiana Valentino confirmou nesta quinta-feira, 7, a saída da co-diretora criativa Maria Grazia Chiuri. A partir de agora, o outro diretor criativo da casa, Pierpaolo Piccioli, assume a responsabilidade pelas criações sozinho. O rumor da saída de Maria Grazia começou quando o portal Business of Fashion revelou, no fim de junho, que ela assumiria a direção criativa da Dior, que permanece sem um diretor criativo oficial desde a saída de Raf Simmons no ano passado. No comunicado oficial, porém, a Valentino declarou somente que a estilista vai buscar "uma nova experiência profissional."

O último desfile da dupla de criadores italianos foi nesta quarta-feira, 6, durante a Semana de Alta Costura de Paris. "Após 25 anos de parceria e satisfações profissionais, nós nos demos a oportunidade de seguir nossos caminhos artísticos individualmente, com o desejo recíproco de que mais conquistas venham pela frente", disseram Maria Grazia e Pierpaolo em comunicado conjunto. 

REUTERS/Gonzalo Fuentes
Ver Galeria 13

13 imagens

Stefano Sassi, diretor executivo da maison, enalteceu o trabalho dos estilistas: "Tudo o que conquistamos nos últimos anos seria impossível sem o talento e a determinação de Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli que, juntos, ajudaram a fazer da Valentino uma das mais importantes empresas do momento. Uma nova é animadora fase começa para a grife sob o comando de Pierpaolo Piccioli".