#TambémÉViolência: três vezes em que marcas de beleza empoderaram as mulheres

Isabela Serafim - Especial para O Estado de S. Paulo

Lush, Avon e Quem Disse, Berenice? marcam posição a favor da beleza plural, do fim da violência doméstica e do conhecimento sobre relacionamentos abusivos

Maíra Medeiros e Paula Lima na campanha #TambémÉViolência, da Lush.

Maíra Medeiros e Paula Lima na campanha #TambémÉViolência, da Lush. Foto: Divulgação

O Brasil ocupa o 5º lugar no ranking de assassinato de mulheres entre 84 países, de acordo com a ONU. Do total de casos de violência doméstica, 41% ocorre dentro de casa e 57% inicia-se após o término de um relacionamento. Três em cada cinco mulheres sofreram, sofrem ou sofrerão violência no País. Essa foi a motivação da Lush, marca de cosméticos naturais, para lançar a campanha #TambémÉViolência, que tem o intuito de conscientizar e apontar sinais de abusos que são banalizados pela sociedade.

Para trazer a discussão à tona, a empresa armou na terça, 27, um debate na loja dos Jardins, em São Paulo, com ativistas da ONG Artemis, que visa a promoção da autonomia feminina e a erradicação da violência contra a mulher. Alice Bianchini, advogada especializada na Lei Maria da Penha, também participou do evento. Nas redes sociais, influenciadoras como a blogueira Juliana Romano e a youtuber Maíra Medeiros posaram com plaquinhas com palavras violentas como “vagabunda”, “feia”, “incapaz” e “louca.”

Clique da campanha "Pode", da "Quem Disse, Berenice?". 

Clique da campanha "Pode", da "Quem Disse, Berenice?".  Foto: Divulgação

Já a Quem disse, Berenice?, marca do grupo O Boticário,  acaba de lançar a campanha “Pode”, que estimula que as mulheres sigam as próprias vontades sem apego às convenções impostas pela sociedade. “Pode querer ter filhos? Pode. Pode não querer ter filhos? Pode. Pode ter tatuagem? Pode. Pode ser moderna sem tatuagem? Também pode” são alguns dos questionamentos levantados pela campanha.

Quem também mostrou o seu lado engajado foi a gigante Avon, que fala sobre empoderamento da mulher negra na campanha da máscara de cílios Big&Define, que ganhou o nome #OQueTeDefine e traz as rappers Karol Conka e LAY e a funkeira Mc Carol. Juntas, elas falam sobre a importância de abrir os olhos para a diversidade. Um vídeo especial marca a campanha, no qual MC Carol diz: "Vou mostrar que ser negra e gorda é atitude" fez sucesso nas redes sociais. Mandaram bem!