Produtos de beleza que também combatem a poluição

Crystal Martin - The New York Times

Estudo liga o ar poluído ao aumento de manchas escuras e processo de envelhecimento da pele. Saiba como se proteger

Os cientistas estão apenas começando a descobrir como o ar poluído afeta o processo de envelhecimento da pele

Os cientistas estão apenas começando a descobrir como o ar poluído afeta o processo de envelhecimento da pele Foto: James O'Brien/ New York Times

Ataque ambiental. Ataque de radicais livres. Gás tóxico. Algumas manchetes de beleza mais radicais nos fazem acreditar que o ar está tentando, se não nos matar, pelo menos nos fazer parecer mais velhos.

Os cientistas estão apenas começando a descobrir como o ar poluído afeta o processo de envelhecimento da pele: um estudo realizado este ano com dados de indivíduos na Alemanha e na China parece ligar a poluição atmosférica ao aumento de manchas escuras.

E, como era de se esperar, as grandes empresas de produtos de beleza já lançam novidades: a "proteção contra poluição", como são chamadas.

Mas contra o que exatamente estamos nos protegendo?

Alguns acreditam que o ozônio, gás tóxico formado quando a luz UV atinge os óxidos de mononitrogênio (liberado por combustão, basicamente), seja uma das principais causas de danos à pele relacionados à poluição. (O ozônio na estratosfera absorve os raios UV e por isso protege contra o câncer de pele, mas o ozônio troposférico foi associado a problemas respiratórios.)

Estamos continuamente expostos ao ozônio, disse o Dr. Giuseppe Valacchi, professor associado de Fisiologia do departamento de Ciências da Vida e Biotecnologia da Universidade de Ferrara, na Itália, que é conhecido por sua experiência com o efeito da poluição no corpo. "É como se ele fosse projetado especificamente para atacar nossa pele."

A camada externa contém lipídios – isto é, gorduras que unem as células. O ozônio oxida esses elementos, disse Valacchi, causando inflamação, anulando a função de barreira da pele e ativando uma série de eventos prejudiciais ao DNA. O que fazer então?

"Você pode se proteger dos danos dos raios UV com filtro solar, mas esses produtos não são eficazes contra a poluição. A melhor coisa a se fazer agora é aplicar antioxidantes: vitaminas C e E", disse o Dr. Gilly Munavalli, diretor médico da Dermatologia, Laser & Especialistas em Veias das Carolinas, em Charlotte, Carolina do Norte.

Os antioxidantes benéficos podem já fazer parte da sua rotina de cuidados da pele.

Além disso, combater as toxinas do ar pode ser tão simples quanto limpar o rosto com o produto correto. As partículas em suspensão, nocivas, se fixam na pele durante o dia, mas não causam prejuízo imediato.

O Dr. Carl Thornfeldt, fundador da linha de produtos de beleza Epionce que estuda a função de proteção da pele há mais de 20 anos, disse: "Use produtos de limpeza que retirem todas as moléculas ruins, mas não os óleos importantes". O Aveeno Ultra-Calming Foaming Cleanser (US$7,99 no site ulta.com) e o Vanicream Gentle Facial Cleanser para a pele sensível (US$7,99 em drugstore.com) causam poucos danos aos lipídios, disse ele.

Os médicos dizem que uma rotina de antioxidantes, limpeza e reparação da barreira é a melhor defesa contra a poluição atmosférica.

"As pessoas se esquecem de que o principal objetivo da nossa pele é ser uma barreira imunológica, ou seja, manter as coisas fora do corpo. Se a sua está comprometida, as coisas vão entrar", disse a Dra. Anne Chapas da Union Square Laser Dermatology, em Manhattan.

Entre os bons ingredientes de cuidados com a pele estão glicerina, lanolina, niacinamida e cera de abelha.

Os poluentes que enfrentamos todos os dias podem ser basicamente inevitáveis, mas há muitas razões para ficar na defensiva em nossa rotina de cuidados com a pele. 

Aqui estão oito produtos que podem ajudar:

Da esquerda para a direita: Dr. Jart-Plus Every Sun Day Sun Fluid; Kayo Daily Vitamin Boost; Coola Sport SPF 50 Sunscreen Spray

Da esquerda para a direita: Dr. Jart-Plus Every Sun Day Sun Fluid; Kayo Daily Vitamin Boost; Coola Sport SPF 50 Sunscreen Spray Foto: Divulgação

Dr. Jart-Plus Every Sun Day Sun Fluid

Apenas o protetor solar não vai proteger a pele de todos os prejuízos causados pela poluição. Essa fórmula (US$34 na sephora.com), da marca coreana Dr. Jart, alega ter a mesma carga elétrica que as partículas de poeira no ar, portanto, repelindo-as e criando uma área protegida. Pontos extras para o acabamento hidratante de rápida absorção.

Coola Sport SPF 50 Sunscreen Spray

A pele do corpo é menos suscetível à poluição do que a do rosto. "Temos principalmente sebo (óleos) em nosso rosto, nem tanto em outras partes do corpo. E como é a interação ozônio-sebo que gera moléculas tóxicas, o dano é menos provável aí", disse Valacchi. Mas isso não significa que devemos economizar na proteção. Esse filtro solar da Coola (US$36 em coolasuncare.com) contém antioxidantes. "Aconselhamos aplicar o protetor solar a cada 80 minutos, especialmente se você está ao ar livre, no sol", disse Anne Chapas. Dessa forma, quando você reaplica o protetor, aumenta também a quantidade de antioxidantes.

Kayo Daily Vitamin Boost

A Kayo, uma nova marca de Malibu, na Califórnia, trabalha no que chama de "cuidados especiais gradativos". Use sua fórmula antioxidante para o corpo (US$56 no kayobetterbodycare.com), como se fosse um serum para o rosto: adicione algumas gotas ao seu protetor solar ou hidratante. As vitaminas C e E são os principais ingredientes antipoluição dessa mistura de hidratantes e revitalizantes de colágeno.

Da esquerda para a direita: Dr. Andrew Weil for Origins Mega-Defense SPF 45 Advanced UV Defender; Elizabeth Arden Prevage City Smart; Restorsea PRO Intensive Treatment 10X

Da esquerda para a direita: Dr. Andrew Weil for Origins Mega-Defense SPF 45 Advanced UV Defender; Elizabeth Arden Prevage City Smart; Restorsea PRO Intensive Treatment 10X Foto: Divulgação

Dr. Andrew Weil for Origins Mega-Defense SPF 45 Advanced UV Defender

Esse protetor solar mineral contendo extratos de um cacto brasileiro diz que cria uma barreira física para proteger a pele das partículas em suspensão (US$41 no origins.com). Também afirma incentivar a produção de hornerina, uma proteína que auxilia a função epidérmica.

Elizabeth Arden Prevage City Smart

Este creme matizado (US$68 no elizabetharden.com em julho) também é uma boa escolha cosmética. Difusores de luz clareiam manchas e sua textura refrescante faz com que seja uma boa camada-base para a maquiagem leve.

Restorsea PRO Intensive Treatment 10X

A AA2G, uma forma estabilizada de vitamina C, é um dos principais ingredientes desse tratamento de suavização da pele e antienvelhecimento (US$195 em restorsea.com, para médicos). A Restorsea diz que ele contém uma enzima proprietária que digere somente células mortas da pele para uma esfoliação sem irritação.

Da esquerda para a direita: Skinceuticals Triple Lipid Restore 2:4:2; Epionce Renewal Facial Cream

Da esquerda para a direita: Skinceuticals Triple Lipid Restore 2:4:2; Epionce Renewal Facial Cream Foto: Divulgação

Epionce Renewal Facial Cream

Esse hidratante (US$94 em epionce.com) tem ingredientes que seriam uma reparação da barreira, além de anti-inflamatórios, como ovos estrelados (Limnanthes douglasii), maçã e extrato de abacate. "Quando a barreira está comprometida, ela também provoca inflamação. Isso precisa ser controlado", disse Thornfeldt.

Skinceuticals Triple Lipid Restore 2:4:2

Formulado especificamente para reparar a função de barreira, esse creme (US$125 em skinceuticals.com) restaura colesterol, ceramidas e ácidos graxos que se esgotam quando a barreira de pele está comprometida.