O estilo admirável de Barack Obama 

- O Estado de S.Paulo

Por que o presidente dos Estados Unidos deve entrar para história como um dos políticos mais elegantes de todos os tempos

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a primeira-dama, Michelle Obama

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a primeira-dama, Michelle Obama Foto: Pete Souza/ Foto oficial da Casa Branca

Restam sete meses para o fim do mandato de Barack Obama e ele parece pronto para entrar para a história como o presidente americano mais cool de todos os tempos. Recentemente, em visita a três países que são velhos inimigos dos Estados Unidos (Cuba, Vietnã e Japão), Obama deu show de elegância. Primeiro pela postura conciliatória. Depois pelo jeito de se vestir. A seguir algumas marcas de seu admirável estilo.

1) Tudo cai bem nele. Alto, magro e naturalmente elegante, Obama parece cada vez mais relaxado e à vontade em seu papel de presidente. Os ternos clássicos e ajustados ao corpo são exemplo de um guarda-roupa masculino bem-sucedido. "Ele não usa modelagem slim, mas todas as peças parecem ajustadas ao corpo, as mangas estão sempre certas e a barra da calça também", diz a consultora e editora de moda Carla Raimondi. “Eu diria até que são feitos sob medida”, completa Sylvain Justum, editor da GQ Brasil. 

Pete Souza/ Casa Branca
Ver Galeria 8

8 imagens

2) Dinheiro não é nada, educação é tudo. “A postura e educação impecáveis de Obama, para mim, são o grande segredo de seu estilo. Um homem educado como ele é sempre elegante”, diz Carla. Justum ressalta também os gestos tranquilos, a fala pausada e baixa, e a gentileza do presidente. “Se você comparar Obama a Trump percebe que não é uma questão de dinheiro. Você pode vestir só grifes da cabeça aos pés que não vai resolver”, diz Justum. “Donald Trump é um bilionário e é o completo oposto de Obama, tudo que o atual presidente tem de elegância, o pré-candidato não tem. A atitude, nestes casos, é a alma do negócio.”

3) Obama aposta em peças feitas para durar. Os ternos do presidente parecem ser sempre os mesmos em tons de cinza, marinho, bege ou preto (e talvez de fato sejam), mas dessa forma eles se tornam atemporais. Nem em momentos casuais Obama apela aos modismos, preferindo sempre camisas pólos e peças em jeans.

4)  Pessoas elegantes simplesmente não precisam pensar tanto em roupa. "Eu tento diminuir o número de decisões, não quero ter que decidir o que vou comer ou vestir porque já tenho muitas outras a tomar", disse Obama, em uma entrevista à revista norte-americana Vanity Fair. Imagine se ele pensasse...