Empresa de mulheres cria novos emojis feministas e inclusivos

Anna Rombino - Especial para O Estado de S. Paulo

O teclado 'She-Moji' traz 400 imagens de mulheres de várias etnias em diferentes profissões

O teclado 'She-Moji' traz 400 imagens de mulheres de várias etnias em diferentes profissões

O teclado 'She-Moji' traz 400 imagens de mulheres de várias etnias em diferentes profissões Foto: Divulgação

Representatividade importa. Pensando nisso, três profissionais do mundo digital e do design, que estavam cansada dos emojis representarem as mulheres apenas como vaidosas ou princesas, criaram o teclado "She-Moji". A ferramenta traz 400 novas figuras femininas de diversas raças, etnias e profissões. 

Agora, carinhas femininas de estudantes, astronautas, intelectuais, religiosas e chefes de cozinha podem fazer parte de suas conversas. “Apesar dos emojis serem apenas uma pequena parte da construção de gênero na sociedade, achamos que criar imagens mais representativas pode ajudar numa mudança de atitude”, diz o comunicado das criadoras do projeto Karina, Noemie e Mirmala, ao portal Dazed. 

Até o momento, o aplicativo está disponível apenas para download em dispositivos da Apple por US$ 1,99 e metade dos lucros é revertido à instituição Malala Fund, projeto social da ganhadora do Nobel da Paz e ativista dos direitos das mulheres Malala Yousafzai. 

A ferramenta traz 400 novas figuras femininas de diversas raças, etnias e profissões. 

A ferramenta traz 400 novas figuras femininas de diversas raças, etnias e profissões.  Foto: Divulgação