Consumidores queimam tênis após marca declarar apoio a Trump

Anna Rombino - Especial Para O Estado de S. Paulo

No Twitter, internautas estão promovendo boicote à New Balance

No Twitter, consumidores estão queimando seus tênis New Balance

No Twitter, consumidores estão queimando seus tênis New Balance Foto: Reprodução/Twitter

A vitória de Donald Trump na eleição presidencial americana vem causando comoção e reações extremadas nas redes sociais. A mais recente delas é a de clientes da New Balance, que estão postando fotos queimando seus tênis da marca após declarações de apoio da empresa a Trump.

Segundo a jornalista Sara Germano, do Wall Street Journal, Matt LeBretton, VP da New Balance, fez a seguinte afirmação: "A administração Obama nos ignorou e, honestamente, com o presidente eleito Trump sentimos que estamos indo na direção certa". Outros repórteres que estavam no local da entrevista confirmam a declaração. 

Após a divulgação da frase, internautas reagiram postando fotos e vídeos jogando fora - ou até queimando -  seus calçados da marca e promovendo um boicote. "Eu nunca irei comprar de um apoiador de Trump", escreveu um deles.

Em comunicado, a marca se defendeu: “Como uma grande empresa que ainda fábrica calçados nos Estados Unidos, a New Balance tem uma perspectiva única de políticas comerciais em que pensamos em fazer mais peças no país, nunca menos. Antes das eleições, apoiamos posições de Hillary Clinton, Bernie Sanders e Donald Trump que focavam na criação de empregos na indústria americana. E é isso que continuamos apoiando."