Conheça a técnica de luzes para cabelo que faz o rosto parecer mais magro

Gabriela Marçal - O Estado de S. Paulo

O ‘strobbing’ ou contorno capilar usa tons claros e escuros nos fios para criar uma imagem facial mais fina

Cabeleireiros afirma que a modelo Gigi Hadid é adepta da técnica strobbing capilar

Cabeleireiros afirma que a modelo Gigi Hadid é adepta da técnica strobbing capilar Foto: Reprodução/Instagram

O contorno na maquiagem foi popularizado pela estrela americana de reality show Kim Kardashian. A técnica consiste em aplicar produtos de tons mais escuros que a própria pele em algumas regiões da face para que o rosto aparente ser mais fino. O contorno foi tão usado que evoluiu para o ‘strobbing’, que aposta em iluminadores para ressaltar os pontos fortes. Agora, o jogo de sombra e luz chegou aos cabelos como uma técnica de tintura e também promete criar uma feição mais magra.

Para alcançar o tão desejado efeito, o cabeleireiro avalia o formato do rosto da cliente e o tom do cabelo. “Para quem tem rosto redondo, aconselho criar sombra nas laterais do rosto e iluminar os fios no alto da cabeça”, explica Bruno Lotufo, embaixador da Wella Professionals. Não é necessário ser loira para aderir a essa tendência – é possível fazer o contorno ou ‘strobbing’ capilar em diversos tons de fios.

Técnica de contorno aplicada por professionais da Wella

Técnica de contorno aplicada por professionais da Wella Foto: Divulgação

Segundo o expert, também é importante equilibrar os tons frios e quentes do fios, olhos e pele. A cartela quente tem nuances de rosa e vermelho e a fria, de cinza e azul. De acordo com Bruno, um elemento - pode ser o cabelo, olhos ou pele - tem que se destacar no rosto. Por exemplo, quem tem pele e olhos frios deve apostar na coloração no tom quente. 

O cabeleireiro da rede de salões Jacques Janine, Jeferson Ribeiro, pondera dizendo que esse conceito já era usado no visagismo - técnica que avalia a harmonização do rosto com os cabelos e maquiagem. “Além de afinar o rosto, conseguimos realçar os olhos e diminuir as olheiras. Criamos pontos de luz que valorizam muito a beleza da mulher, principalmente, em fotos”, afirma ele.

Antes e depois da técnica de contorno produzida pelo cabeleireiro Jeferson Ribeiro da rede de salões de beleza Jacques Janine

Antes e depois da técnica de contorno produzida pelo cabeleireiro Jeferson Ribeiro da rede de salões de beleza Jacques Janine Foto: Divulgação

‘Importar’ as tendências de maquiagem para os cabelos é uma tendência forte no setor de beleza. Além do contorno e ‘strobbing’, empresas de cosméticos como Kérastase, Eudora e Avon levaram a ideia de BB e CC Cream para os cuidados com as madeixas. O CC cream da linha Soleil da Kérastase promete proteger, reparar e iluminar os fios. O produto que pode ser usado antes e depois da exposição ao sol custa R$ 185. Já o CC Cream Siàge da Eudora, que sai por R$ 34,99, reúne 12 benefícios como acabar com o frizz, dar brilho e selar as pontas duplas. A Avon apostou no BB cream (R$ 13,99) com dez vantagens como proteção térmica, fortalecer os fios e bloqueio dos raios UV.

O contorno pode ser feito em todos os tons de cabelo

O contorno pode ser feito em todos os tons de cabelo Foto: Divulgação