Como a indústria da moda reagiu à eleição de Donald Trump

Anna Rombino - Especial Para O Estado de S. Paulo

Nas redes sociais, modelos, estilistas, jornalistas e blogueiros do universo fashion lamentaram a vitória do candidato republicano

No Twitter, Gigi Hadid se disse profundamente desapontada com o resultado das eleições americanas.

No Twitter, Gigi Hadid se disse profundamente desapontada com o resultado das eleições americanas. Foto: Reprodução

Depois da surpreendente vitória de Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos na última quarta, 8, as redes sociais do mundo todo explodiram com comentários críticos em relação ao novo presidente americano. No universo da moda não foi diferente. Modelos, estilistas, jornalistas e blogueiros dos Estados Unidos, do Brasil e de diversos países usaram a internet para expressar sua indignação. "Profundamente desapontada... Mas não vamos perder o coração ", disse Gigi Hadid. Confira esse e outros posts abaixo.

Gigi Hadid, modelo:

"Profundamente desapontada... Mas não vamos perder o coração. 'Se nos mantivermos juntos apesar de nossas diferenças.... nossos melhores dias irão chegar' - HC 9/11/16"

Chiara Ferragni, blogueira italiana:

"Humor do dia"

 

Mood of the day, wtf Usa

Uma foto publicada por Chiara Ferragni (@chiaraferragni) em

Riccardo Tisci, estilista italiano:

 

R.I.P. Usa

Uma foto publicada por riccardotisci17 (@riccardotisci17) em

Lilian Pacce, jornalista:

Lilian publicou uma imagem referente à pintura do belga René Magritte "Ceci n'est pas une pipe" (isto não é um cachimbo). Na metáfora, o cachimbo foi substituido por uma mecha do topete de Trump, acompanhada dos dizeres "Ceci n'est pas une président" (isto não é um presidente). 

 

 

Surreal! #trump #freddiemade

Uma foto publicada por lilianpacce (@lilianpacce) em

Maria Prata, jornalista brasileira:

"A era dos haters"

 

A era dos haters.

Uma foto publicada por Maria Prata (@mariaprata) em

Leandra Medine, blogueira americana do Man Repeller:

 "A presidência de Trump é, sem dúvidas, o começo de uma nova onda feminista." 

Eduardo Viveiros, editor do site Chic: 

Karla Welch, stylist americana:

"Todas as mulheres. Em mim. Estão cansadas. Obrigada Hillary Clinton" 

 

Thank You @hillaryclinton

Uma foto publicada por Karla Welch (@karlawelchstylist) em

Aurora James, estilista canadense:

"Quando você percebe que o país que mora não te ama de volta. Eu nunca me senti tão deslocada. Como mulher. Como pessoa de cor. Como um ser humano."

Vanessa Friedman, jornalista de moda do The New York Times:

"Eu cresci acreditando que era tão boa quanto qualquer garoto. Eu nunca havia percebido o quanto iria significar ter uma mulher como presidente até que foi possível."

Inez van Lamsweerde e Vinoodh Matadin, fotógrafos holandeses:

"Continuem graciosos e se abracem bem apertado aqueles que vocês amam. Beijos (obrigada Elena Brower, obrigada Hillary Clinton por tentar lutar contra o patriarcado)

Alexander Wang, estilista americano:

 

Uma foto publicada por Alex Wang (@alexwangny) em

Gloria Kalil, consultora de moda:

Gloria escreveu um texto no seu site, o Chic, analisando a cobertura da imprensa norte-americana da corrida presidencial.

Diane von Fürstenberg, estilista belga:

"Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas! O futuro é o que construímos! Acredite no bom! Com amor, Diane"