Campanha aposta em diversidade e ironiza o 'comportamento de mocinha'

Anna Rombino - Especial para O Estado de S. Paulo

Anúncio da H&M, batizado de Lady Like, tem como objetivo mostrar que existem várias formas de ser mulher

A campanha da H&M ironiza o comportamento "de mocinha"

A campanha da H&M ironiza o comportamento "de mocinha" Foto: Reprodução/Youtube

A rede de fast fashion H&M apostou no tema da diversidade para lançar a coleção de outono da grife. A ideia da campanha, batizada como Lady Like, é mostrar a riqueza de nuances de uma mulher que, segundo o anúncio, pode ser "divertida, opinativa, destemida. não convencional, intimidadora, independente e livre". 

Na peça, que começou a ser veiculada no domingo, 11, mulheres carecas, mais velhas, negras, magras, gordas, japonesas, loiras e morenas ironizam o jeito "mocinha" de se comportar. Uma mulher negra de blackpower aparece, por exemplo, cutucando os dentes com o garfo no restaurante, enquanto uma menina olha espantada de outra mesa. 

Tudo ao som de "She's Lady", de Tom Jones, música lançada em 1970 e que foi escolhida como trilha sonora do anúncio.  

Modelos como Adwoa Aboah, Hari Nef e Lauren Hutton, a estlista Pum Lefebure e a cantora Jillian Hervey são algumas das estrelas da campanha da rede de fast fashion.