Camisas laço, pantacourt, sapatos de salto quadrado: conheça o novo guarda-roupa de trabalho

Marília Marasciulo - O Estado de S.Paulo

O look de escritório não está mais restrito à alfaiataria. Veja o que mudou e saiba como montar uma produção atual

Camisas laço, pantacourt, sapatos de salto quadrado: o look de escritório não está mais restrito à alfaiataria.

Camisas laço, pantacourt, sapatos de salto quadrado: o look de escritório não está mais restrito à alfaiataria. Foto: Reprodução/ Lookbook

Até pouco tempo atrás, era regra: o visual para trabalhar estava restrito a calças de alfaiataria em tons sóbrios, como preto e azul marinho, camisas de tricoline, blazer e escarpin. Mas, por mais clichê que isso possa soar, o mundo mudou - assim como a tecnologia de tecidos e a variedade de modelagens na moda. Com a correria da rotina, agora o mesmo look vai do escritório ao jantar e as peças com ar mais formal ganharam um toque fashion e contemporâneo. 

 

“O único padrão que se mantém é o de não mostrar muito o corpo e não usar roupas muito justas, o resto ficou para trás”, afirma a consultora de estilo Bia Paes de Barros. Saem as calças de corte reto, entram as saia mídi e as pantacourts. O escarpin dá lugar aos sapatos de salto quadrado ou mesmo às sandálias abertas, enquanto a camisa de tricoline pode ser trocada por tricôs ou camisas de malha e seda. Nas cores, os novos neutros ganham vez: os tons terrosos e claros dão frescor e elegância ao guarda-roupa de trabalho. 

Reprodução/ Lookbook
Ver Galeria 12

12 imagens

Para quem ainda tem receio, a dica de Bia é começar brincando com os tecidos, além de apostar nos acessórios e focar em partes de cima mais ousadas. Vale investir em uma jaqueta bomber de pegada esportiva como contraponto à calça de alfaiataria, uma camisa de seda com laço no pescoço, brincos de resina para levantar o visual e sandálias ou botas com saltos grossos. “Aos poucos a pessoa vai se soltando", acredita Bia. "O importante é estar segura, afinal o trabalho não é uma boa hora para testar uma produção que não a deixa confortável."