Bailarinas acusam Kendall Jenner de apropriação cultural

- O Estado de S.Paulo

A modelo posou usando sapatilhas de ponta e saia de tule para a Vogue Espanha

A modelo Kendall Jenner é a capa da edição de outubro da Vogue Espanha. 

A modelo Kendall Jenner é a capa da edição de outubro da Vogue Espanha.  Foto: Reprodução/Vogue

O universo do balé é a mais nova tendência do mundo da moda. As sapatilhas com amarração na Miu Miu e os vestidos lânguidos da Valentino, além dos bodies e das blusas de gola alta, conquistaram o coração dos fashionistas nessa temporada. 

E justamente essa tendência foi a aposta da Vogue Espanha de outubro, que fez um editorial de capa com Kendall Jenner caracterizada como uma bailarina, usando sapatilhas de ponta e roupas de grifes. Mas as bailarinas de verdade não gostaram muito dessa história. Na internet, começaram a surgir comentários acusando a modelo de apropriação cultural. Para elas, uma profissional deveria ter protagonizado o editorial já que Kendall não está muito convincente no papel. Algumas chegaram até a criticar a amarração das fitas na canela e a posição dos pés de Kendall na sapatilha. 

 

Outros internautas a defenderam, dizendo que o trabalho de uma modelo é justamente representar alguém e vender roupas. O caso está sendo comparado a uma polêmica parecida que ocorreu na última semana: em seu desfile na Semana de Moda de Nova York, Marc Jacobs apresentou suas modelos (Jenner entre elas), usando dreadlocks, símbolo da cultura negra, e foi extremamente criticado na internet.  

 

good life @voguespain

Um vídeo publicado por Kendall Jenner (@kendalljenner) em