A receita do corpo sarado de Izabel Goulart, um dos destaques do encerramento da Olimpíada

- Especial para O Estado de S. Paulo

Angel da Victoria's Secret, modelo paulista tem 55 kg e é conhecida por sua rotina de exercícios pesada, que compartilha diariamente com seus mais de 3 milhões de seguidores no Instagram

A modelo Izabel Goulart participou da Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro

A modelo Izabel Goulart participou da Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro Foto: Reprodução/Instagram

Em meio ao samba que tomou conta do Maracanã na noite de domingo, 21, durante a cerimônia de encerramento dos Jogos do Rio 2016, a top brasileira Izabel Goulart chamou a atenção vestindo traje de passista. Conduzida pelo ex-gari Renato Sorriso, personagem do carnaval carioca, a modelo não se destacou pelo samba no pé, mas, sim, pelo corpo escultural. A boa forma foi evidenciada pelo conjunto dourado bordado com pedra, com adereço de penas nas costas, uma criação da carnavalesca Rosa Magalhães. Já com a roupa do desfile, minutos antes de entrar no palco, Izabel publicou em seu Instagram um vídeo fazendo uma série de agachamentos. 

Para ela, nada mais normal. No mundo da moda, a paulista de 31 anos, 1,75 m e 55 kg, é conhecida por seu abdômen sarado e músculos definidos, frutos de uma rotina puxada de malhação. Em seu Instagram, seguido por mais de 3 milhões de pessoas, a modelo compartilha fotos e vídeos dos seus treinos, realizados sete dias por semana, não importa em que lugar do mundo ela esteja. Quando viaja, a top sempre leva na mala tênis para correr e caneleiras e elásticos para realizar treinos no quarto do hotel. Tanta dedicação lhe rendeu o título de angel da grife de lingeries americana Victoria's Secret.

AFP PHOTO / Luis Acosta
Ver Galeria 11

11 imagens

Entre campanhas, desfiles e viagens, Izabel afirma reservar pelo menos uma hora para fazer exercícios físicos diariamente, unindo cardio, musculação e aulas específicas, como pilates, boxe e funcional fight. Recentemente, ela lançou o projeto "Body By Iza", uma plataforma mantida em conjunto com a Nike em que ensina exercícios físicos para mulheres. A rigidez se estende à alimentação. Izabel diz "não se privar de nada", mas evita lactose, glúten, carne vermelha e não consome bebidas alcoólicas nunca.

Para o Estadão, a modelo conta como foi a experiência de participar do evento

Como surgiu o convite para você participar da cerimônia de encerramento da Olimpíada?

Isso aconteceu há meses, logo após ser convidada para ser madrinha do Time Brasil. Foi uma surpresa, desde o primeiro convite, e fico muito agradecida por ter participado de um momento tão especial como este.

Qual foi o sentimento na hora, você ficou nervosa? 

Fiquei emocionada. O meu lado patriota foi o que falou mais alto. Eu não estava ali como uma artista participando da cerimônia, mas como uma brasileira. Cada bloco que entrava no Maracanã, eu escutava a reação do público, e aquilo me emocionava antes mesmo de eu entrar. Realmente o encerramento da Olimpíada é uma grande festa, mas envolve muitos sentimentos. Vêm todos os momentos olímpicos, todos os momentos marcantes dos atletas, as suas superações, suas conquistas... Tudo isso passou pela minha cabeça e me senti abençoada, muito privilegiada de poder viver aquele momento. Quando fiquei cara a cara, no túnel, antes da minha entrada, foi um sentimento que nunca tive antes. Não tinha nada na minha cabeça além daquela emoção, da energia daquele estádio lotado, com pessoas vibrando a cada segundos os acontecimentos dali. Tive o privilégio de ser conduzida pelo Sorriso, então, a partir daquele momento tudo ficou mais mágico ainda. Já era fã dele e de tudo o que ele representa. Ali momento, realmente vivemos o momento de festa do Carnaval. 

Você já participou das principais semanas de moda do mundo, além de ser uma das Angel's da Victoria's Secrets. Você sentiu muita diferença na hora de entrar no Maracanã do que de entrar numa passarela? 

Com certeza. O momento que vivi no Maracanã foi como uma fã realizando um sonho porque eu vivo o esporte. Tenho a minha hora de praticar esportes todos os dias. E a minha inspiração são os atletas de várias áreas diferentes. Ali no Maracanã, todos os momentos mais marcantes da história do futebol e dos jogos olímpicos, a diferença foi essa: estava ali como uma fã, como uma espectadora, em um local onde aconteceram tantos momentos históricos. Foi muito marcante porque, na noite anterior, assisti à final do futebol na arquibancada, vendo nossos jogadores ali naquele campo ganharem o primeiro ouro, e eu não acreditava que iria caminhar por aquele campo.

Você já participou de desfiles de escola de samba no Carnaval?

No ano passado fui assistir ao desfile das campeãs, no Rio de Janeiro. Na arquibancada, me emocionei tanto que no momento fui convidada para desfilar com a ala da diretoria. Foi uma das emoções mais marcantes que já tive.

Como foi sua preparação para o evento? Teve aulas de samba? 

Não tive nenhuma aula de samba. O encerramento era uma grande festa, foi o momento de celebrar tudo o que foi a Olimpíadas no Rio de Janeiro. A minha participação foi para representar a beleza da diversidade brasileira, viver a alegria do Carnaval brasileira, para sentir aquela emoção da festa.

E quanto a dieta? Você mudou a alimentação para o grande dia?

Eu vivo um estilo de vida voltado sempre para a saúde, para o bem-estar e para a prática diária de exercícios. Não existe preparação na minha rotina, procuro viver uma vida balanceada, em equilíbrio, para estar sempre em boa forma.